Até para a estética é preciso um planejamento financeiro! - TOPVIEW

Artigo: Até para o aperfeiçoamento estético é preciso um planejamento financeiro de início de ano

Equilibrando as contas, dá para concretizar aquele antigo sonho estético e cirúrgico

330 0
Compartilhe

Muito comum, o planejamento financeiro pessoal entrou na rotina da maioria das famílias e pessoas no início do ano. Afinal, não dá mais para sair gastando e jogar o futuro financeiro “ao deus-dará”, como diz o ditado popular.

Portanto, toda e qualquer receita e despesa deve ser planejada com muito “carinho” e atenção. Quanto mais controlar as variáveis que envolvem o sucesso financeiro, menos dependerá da sorte para suprir as necessidades e alcançar os objetivos desejados.

Não basta fazer uma lista de sonhos e metas e prometer que vai cumprir, é fundamental ter disciplina e fazer a coisa certa! Assim, uma das técnicas mais usadas nesse projeto — que deve acontecer anualmente e ter um acompanhamento e atualização mensais — é o uso de planilhas financeiras.

Planejamento é a chave

Orçamentos domésticos devem ser diariamente lançados nessa organização. É necessário anotar todos os ganhos e gastos, até mesmo aquele consumo na rua, sem previsão. Os pequenos valores influenciam no resultado final e surpreende quem não se controla financeiramente.

Outras dicas importantes são: comparar os preços e a qualidade (pesquise sempre o produto/serviço) e, sempre que possível, optar pela qualidade aliada a preços melhores; pagar à vista quando tiver desconto; utilizar o cartão de crédito com critério e fazer uma lista sensata de metas. Tudo isso ajuda a ser assertivo nas aquisições.

No planejamento financeiro — diferentemente do que muitos pensam —, deve entrar tudo, até mesmo aquele “sonho de tratamento estético ou cirurgia plástica”. O projeto de ficar mais bonito e ter aquele corpo perfeito também deve constar no programa de gastos do início do ano e nos acompanhamentos mensais. Afinal, investir em si mesmo é salutar e contribui para a autoestima e a felicidade individual, o que reflete em todas as demais áreas da vida.

Segundo Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional Cirurgia Plástica, diferentemente de antes, as cirurgias plásticas estão muito mais acessíveis, mas tudo deve ser bem avaliado para a segurança do paciente.

“Como envolve a saúde, o ideal é pesquisar preços, sem abrir mão dos melhores médicos e hospitais. Hoje, há empresas que fazem intermediação financeira na área de procedimentos estéticos, sendo possível encontrar diversas opções que auxiliam em um planejamento do orçamento que inclui a beleza.”

Ele ainda conclui que é uma alternativa que realiza o sonho das pessoas, não pesando no bolso de quem tem renda fixa e não pode arcar com grandes despesas de uma vez só, sem ser um empecilho para as demais metas mais essenciais ou estourar o orçamento.”

*Escrito por Arnaldo Korn. 

In this article


Join the Conversation