FASHION

Arezzo&Co anuncia a aquisição da marca nativa digital de streetwear BAW Clothing

Fundadores permanecem à frente da marca e se tornam acionistas da Arezzo&Co
A Arezzo&Co, uma das maiores e mais inovadoras empresas de moda do Brasil, anuncia hoje a aquisição da BAW Clothing, a marca de lifestyle jovem que mais cresce no país.
 
Celso Ribeiro, Rony Meisler, CEO AR&Co, Bruno Karra, Alexandre Birman, CEO Arezzo&Co, Lucas Karra e Fernando Frizzatti (embaixo) | (Foto: divulgação)

Fundada em 2014 pelos irmãos Bruno e Lucas Karra, a BAW, que tem como sócios também, Fernando Frizzatti e Celso Ribeiro, se tornou um fenômeno de crescimento por entender, como nenhuma outra marca de seu segmento, o público da geração Z. Irreverente, jovem, moderna e democrática, a BAW cria uma moda cheia de atitude, oferecendo um portfólio completo de categorias em malharia com modelagens básicas e confortáveis que podem ser usadas por todos os gêneros e corpos.

A transação coroa uma história de empreendedorismo única no ambiente digital brasileiro. Bruno e Lucas são filhos de um empresário do ramo de confecção e, saídos da faculdade, decidiram criar uma marca de camisetas – o que lembra a trajetória da família Birman, fundadora da Arezzo&Co.

A própria marca carrega a visão dos fundadores de fazer uma moda genderless. BAW significa Black And White – o branco e o preto eram, nos primeiros anos, as únicas cores das camisetas da companhia. Bruno administrava o negócio, Lucas criava as coleções. Antenados às tendências da cultura pop e observadores da cena mundial da moda, foram transformando a BAW numa marca com enorme apelo junto ao jovem brasileiro.
 
BAW (Foto: divulgação)

O faturamento da BAW, que dobra a cada ano, deve ser de pelo menos R$ 80 milhões em 2021. Como aconteceu após a aquisição da Reserva, em 2020, os fundadores da BAW se tornam a partir de agora acionistas da Arezzo&Co, com plena liberdade para tocar a marca.

A transação é um marco na história da AR&Co, braço de lifestyle e vestuário da Arezzo&CO que é liderado por Rony Meisler, fundador da Reserva.

“É um enorme orgulho que a primeira aquisição da AR&Co seja a BAW, uma marca altamente desejada, que cresce muito na internet, possui modelo de negócios comprovado e uma enorme avenida de crescimento pela frente”, diz Meisler, CEO da AR&Co. “O que mais nos chamou atenção no negócio foram os fundadores e a apaixonante cultura que criaram, que certamente nos ajudará a cumprir a missão de criar a maior e melhor plataforma de moda brasileira aqui na AR&Co”.

De acordo com uma pesquisa top of mind realizada a pedido da Arezzo&Co, a BAW é a terceira marca de streetwear mais conhecida do Brasil – um feito, sobretudo se levado em conta que a marca foi criada em 2014 e não tem lojas. Esse sucesso tão rápido se deve a uma estratégia nativa digital extremamente eficiente. A marca faz lançamentos quinzenais 100% online (chamados “drops”) e conta com a divulgação intensiva dos maiores influenciadores digitais do país através de suas redes sociais.

“Estou entusiasmado com a parceria que começa agora entre BAW e Arezzo&Co”, diz Bruno Karra, fundador e CEO da BAW Clothing. “Nesse incrível ecossistema de marcas, vamos ter chance de trocar muitas experiências e aprendizados, e o maior beneficiado certamente serão os consumidores, não só da BAW, mas de todo o grupo”.
 
BAW (Foto: divulgação)

Após a aquisição, Bruno e Lucas permanecem responsáveis pelas áreas de negócio e produto, respectivamente. Fernando Frizzatti, sócio com forte experiência em programação, design UX e analytics, permanece como CTO da companhia. Celso Ribeiro passará a atuar como consultor da Arezzo&Co em temas relacionados a marketing digital e de influência.

Além de intensificar investimentos em tecnologia e no crescimento digital da marca, a Baw deverá ganhar lojas físicas em grandes capitais do país, que funcionarão como centros de experimentação da marca. Quando inserida na estrutura Arezzo&Co, a marca se beneficiará de toda a estrutura operacional do grupo e áreas de suporte, de modo a incrementar significativamente sua rentabilidade.

Adicionalmente, a Baw fará uso da cadeia de fornecimento da Reserva para otimizar seu mix de produtos no segmento têxtil com foco em malharia – e, sem dúvida, a forte expertise da Arezzo&Co em calçados para marcar sua rápida entrada no mercado de sneakers casuais, replicando a estratégia de inúmeras marcas globais desejadas no segmento de streetwear, como Supreme, Kith e Off-white.

Deixe um comentário