FASHION

Amaro passa a informar pegada de carbono nos produtos

Novidade foi incluída desde que a marca anunciou ter se tornado 100% carbono negativo
A Amaro, RetailTech pioneira na junção de tecnologia e criatividade no Brasil, passou a incluir a pegada de carbono junto às informações de cada produto em seu e-commerce. Ou seja, na hora de acessar a peça ou acessório do portfólio da empresa, a cliente poderá consultar a rotulagem climática – que informa o impacto ambiental dos produtos para que isso também seja um fator de decisão, revelando o volume de carbono emitido para a produção do item, ao lado de informações básicas como composição, preço e tamanho. A novidade foi implantada desde que a marca se tornou 100% carbono negativo em 2021, neutralizando, em dobro, toda a sua emissão de CO².
 
Entre as mudanças, a companhia também incluiu um menu especial para navegação em produtos com características sustentáveis .

“Nosso objetivo é aumentar a transparência e empoderar nossas clientes com informação fácil e compreensível, ajudando-as na tomada de decisão. Sustentabilidade só funciona se for acessível e fizer parte da rotina das pessoas”, explica Dominique Oliver, CEO da AMARO.

Na prática, as consumidoras podem escolher por sustentabilidade dentro de uma categoria, como skin care sustentável, por processo de produção (cruelty free, vegano, sem sulfato ou tecido ecológico), ou ainda por marca mais sustentável. Hoje a AMARO conta com uma curadoria de quase 300 marcas parceiras, sendo que a metade delas têm características sustentáveis em seus produtos.

Por trás dessa interface, um extenso trabalho de inteligência de dados, tecnologia e UX (user experience) liderado pelo time de Tecnologia & Dados da AMARO. “Acreditamos e esperamos que num futuro próximo, esse tipo de informação seja um fator de decisão de compra cada vez mais comum para produtos de consumo, assim como já acontece com a rotulagem nutricional.”, completa Oliver.

 

Para implementar o projeto de negativação de carbono e de redução da sua pegada, que resultou também na rotulagem climática, a empresa passou por um processo de três anos, com estudos e levantamentos de mercado e fornecedores. A AMARO também realizou uma pesquisa com as clientes, que identificou que 64% delas tinham interesse em comprar de maneira mais sustentável.

A emissão de carbono no ano de 2021 pela empresa tem volume estimado de 15 mil toneladas, e a AMARO, comprará o dobro em créditos de carbono certificados (30 mil toneladas). A neutralização financia dois importantes projetos, por meio da compra de créditos de carbono. Os projetos de compensação são verificados pela Verra, mais renomada certificadora mundial de créditos de carbono, com código de blockchain.

Deixe um comentário