Seis dicas para você se preparar antes de visitar aldeias indígenas

Seis dicas para você se preparar antes de visitar aldeias indígenas

Viver esta experiência está na sua lista esperando pelo check? Muita atenção: esse tipo de viagem requer uma série de protocolos

0
Compartilhe

Educação é bom e todo mundo gosta. Mas quando se trata de uma cultura distinta, com outros valores, é normal ficar em dúvida de como se comportar para que visitante e anfitrião fiquem confortáveis – mais ainda, para que não fiquem ofendidos. Por mais curiosos e cuidadosos que sejamos, há regras às quais devemos estar atentos quando visitamos comunidades indígenas. E é sobre elas que Julianna Podolan Martins, idealizadora e diretora do Museu de Arte Indígena (MAI), fala neste guia do que fazer e, principalmente, do que não fazer nessas ocasiões.

Saiba mais sobre Julianna e entenda como ela criou, com recursos próprios, um dos museus mais importantes de Curitiba

1: Tenha certeza de que sua visita é de conhecimento do cacique
Além da autorização dele, sempre que chegar a uma aldeia, esteja certo de que um indígena acompanhará você a todos os lugares que for visitar. Educação é tudo!

Fotos do ensaio “Expedição Xingu”, de Angelo Volpi Neto e Eleutherio Netto.

2: Não pergunte. Ouça!
Normalmente, os turistas perguntam muito. Os índios não gostam. Somente após certa convivência é que se sentem mais confortáveis em conversar. Respeite o tempo deles!

3: Não vá de mãos abanando
Chegar sem nada para oferecer é considerado ofensivo. Mas evite objetos com pilhas, como lanternas. Chinelos e kit de higiene são sempre bem-vindos.

4: Compartilhe as refeições
As comidas nas aldeias são muito diferentes das nossas. Por isso, leve sua comida, de preferência barras de cereais e outros produtos supercalóricos. E, na hora de comer, sempre convide-os para compartilhar.

5: Desconfie de convites a lugares muito remotos
Já teve gente que viajou mais de mil quilômetros e, ao chegar ao local combinado, ninguém apareceu. Todo cuidado é pouco.

6: Respeite os rituais
Não dance ou interfira neles, por mais que a intenção seja boa. Rituais são sagrados!

Aldeias para visitar

Em Curitiba
Aldeia Kakané-Porã, Campo de Santana.

Em Morretes
Aldeia Tupã Nhe’e Kretã.

Em Nova Laranjeiras
Aldeia Rio das Cobras.

No Mato Grosso
O Parque Indígena do Xingú tem as aldeias Piyulaga, Waurá, Moigu e Ikpeng. Para visitar, é preciso o contato de um indígena conhecido.

No Amazonas

Alguns donos de pousadas e hotéis fazem a ponte com muitas aldeias.

Neste Artigo

Converse com a Gente