ESTILO

Único do Brasil, ÍCARO Jardins do Graciosa é finalista no The Plan Awards

Ao todo, 34 projetos do mundo todo disputam a premiação na categoria. O residencial de casas suspensas, assinado por Studio Arthur Casas e incorporação da AG7, é o único projeto brasileiro da lista

O Brasil mais uma vez sendo palco de premiações internacionais de arquitetura! O projeto do ÍCARO Jardins do Graciosalocalizado em Curitiba (PR), acaba de entrar para a final da premiação The Plan Awards, a conceituada revista italiana de arquitetura e design, uma das mais aclamadas do mercado. O residencial é assinado pelo Studio Arthur Casas, paisagismo de Renata Tilli e incorporação da AG7.

Ao todo, são 34 projetos do mundo todo selecionados na categoria Housing sendo o ÍCARO Jardins do Graciosa o único projeto brasileiro. A seguir, confira 7 projetos de arquitetura que disputam o prêmio e se destacam por suas exclusividades!

1. ICARO Jardins do Graciosa – Brasil, Curitiba (PR)

ÍCARO Jardins do Graciosa (Foto: Marcelo Araújo)

Assinado pelo renomado arquiteto Arthur Casas com incorporação da AG7, o residencial de luxo está localizado no bairro Cabral e foi o único projeto brasileiro finalista da categoria Housing. O projeto conta com 21 casas suspensas em uma arquitetura plenamente integrada ao paisagismo, onde os jardins particulares dão a sensação de se estar em uma casa. O residencial já foi eleito o empreendimento mais sustentável do Brasil com a certificação Ouro do Green Building Council (GBC) Brasil Condomínio e reúne outros títulos mundiais da arquitetura e design como o iF DESIGN AWARDS 2021, na categoria Residencial; o Best of Year da revista americana Interior Design, na categoria Multi-Unit Housing; e o Rethinking The Future.

2. Fein 1 Central – Tel Aviv

Fein 1 Central (Foto: divulgação)

Localizado no sul de Tel Aviv, em uma área degradada, o complexo de apartamentos Fein 1 Central, assinado por HQ Architects, apresenta habitações e espaços comerciais de frente para a rua, enquanto preserva parcialmente fragmentos do edifício existente no local. A área faz parte do plano diretor do município para transformar a região.

O projeto conta com apartamentos médios a pequenos, 6.400 m² de seis andares, um pátio interno que se torna a área central do complexo, permitindo grandes varandas comuns abertas para o céu, oferecendo conexão física e visual com o parque do outro lado da rua. O pátio também promove baixo consumo de energia, oferecendo sombra no verão e penetração de luz solar direta no inverno. A fachada é mínima e simétrica em uma cor off white – típica da arquitetura local. O contraste divertido de cores entre o interior e o exterior é usado para enfatizar os espaços públicos e privados; uma forte cor vermelha é usada no pátio, oferecendo um abrigo mais privado e arejado da rua quente e movimentada.

3. MIRA – San Francisco

MIRA (Foto: divulgação)

Um empreendimento residencial urbano no coração de San Francisco, com 120 metros de altura que cria uma nova comunidade acolhedora no distrito de Transbay em evolução e assinada por Studio Gang. O local do projeto proporcionou uma rara oportunidade de atender à necessidade de moradias densas em São Francisco. As unidades da base e da seção inferior da torre são compactas e de maior densidade, com unidades mais espaçosas nos oito andares superiores. MIRA fornece quase um acre completo de espaço aberto em cinco níveis; no geral, o novo bairro vertical criado pela torre equivale a 16 quarteirões de casas em uma cidade típica.

O design oferece novos modelos de sustentabilidade, ao mesmo tempo que reinterpreta as tradições arquitetônicas da cidade. Evolui a janela de sacada clássica, uma característica familiar das primeiras casas de São Francisco, reimaginando-a em um contexto de arranha-céus. Torcendo-se gradativamente sobre a altura da torre, as baías oferecem vistas amplas, luz natural durante todo o dia e ar fresco, além de informar a forma e textura distintas do edifício.

4. Living The Noom – Cancun

Living The Noom (Foto: divulgação)

O projeto assinado por Sanzpont Arquitectura teve como objetivo trazer um novo conceito de habitação para o mercado imobiliário: um santuário da vida consciente com base em três eixos principais: Vida Bem-Estar, Sustentabilidade e Vida Flexível. São 3 edifícios; cada um com 4 andares e um jardim na cobertura. Cada unidade habitacional tem 120 m², exceto a unidade de um quarto, de 60 m². Os edifícios são compostos por uma estrutura de concreto e uma fachada independente de bambu.

Tudo foi feito para garantir a saúde do usuário e cultivar estilos de vida mais saudáveis. No terreno, apenas 30% foi ocupado espeitando as árvores existentes e implantando telhados verdes e fachadas. Todos os espaços interiores contam com luz natural, uma cobertura de bambu e vegetação utilizada para mitigar o superaquecimento das fachadas. Ventilação natural, materiais de baixa emissão de COV, controle de ofuscamento por luz indireta, controle de umidade relativa, controle de ruído externo através da fachada verde e jardins urbanos para garantir que os usuários tenham acesso a alimentos saudáveis são outras características. Todas as técnicas sustentáveis e bioclimáticas ajudaram o projeto a ter 85% de economia de energia.

5. MORpH – Croácia

MORpH (Foto: divulgação)

MORpH, abreviatura do Ministério de Defesa da República da Croácia, é um projeto de autoria do escritório Proarh para o alojamento de oficiais e alunos da Academia Militar Croata “Dr. Franjo Tudjman”, em Zagreb, na Croácia. São 410 m² em um edifício de 12 andares localizado num terreno de 2.000 m².

Sua fachada é assimétrica em uma estrutura heterogênea, que se contrasta com as puras simetrias do historicismo e da modernidade. Ela chama a atenção por seu estilo pixelizado em todo o edifício.

6. Overlaid – Uruguai

Overlaid (Foto: divulgação)

Overlaid propõe uma ideia de complexo residencial moderno que, embora preservando a dimensão mais íntima e individual de cada casa, é capaz de recriar uma imagem compacta e homogênea. São três unidades espacialmente independentes em um único complexo residencial, sobrepondo um quadro de luz de conexão aos elementos individuais. O resultado é um corpo aparentemente único, mas dividido em três partes, nas quais os vazios tornam a fachada permeável aos elementos verdes.

A ideia do design surgiu da necessidade de construir três moradias independentes, cada uma das quais rodeada por um espaço próprio, mas que ao mesmo tempo fazem parte de um único edifício. A autoria é do Lineat Studio.

7. Adamant Tijuana – México

Adamant Tijuana (Foto: divulgação)

Localizado na Baixa Califórnia, Adamant Tijuana mistura luxo, praticidade e modernidade em um mesmo marco arquitetônico. Assinado por Mayer Hasbani, o empreendimento é constituído pela intersecção dos terraços, o que garante volume para sua estrutura de 200 apartamentos que variam de 36 m² a 160 m².

A cobertura do edifício coroa o conjunto com uma moldura de concreto expressionista e elegante, quebrando o ritmo e consolidando o projeto como um marco arquitetônico no horizonte da cidade.

Deixe um comentário