Um novo momento para os charutos - TOPVIEW

Um novo momento para os charutos

Muito se fala sobre o novo normal que a pandemia do coronavírus trouxe. Mas como será isso no universo dos charutos?

Compartilhe

Nova York é, no momento, o principal parâmetro do que será este novo momento para as charutarias. Um dos principais espaços da cidade, o The Carnegie Club, reabriu com mesas e assentos na rua para que as degustações aconteçam na calçada. Já lugares como o Davidoff of Geneva permitem apenas a compra, sem a degustação no local.

Contudo, há estabelecimentos que permitem o acesso à área interna, desde que sejam membros ou associados da casa. É um assunto controverso e que requer ainda muita observação do que funciona na prática. Aqui no Brasil, o modelo de funcionamento varia de acordo com as regiões, sem ainda uma definição exata. O que todos do meio observam é que o hábito de degustar um puro não foi deixado de lado e as compras online cresceram. Afinal, o isolamento social imposto pela pandemia é propício para a degustação e para os amantes dos charutos e, apesar do momento difícil, é uma oportunidade de experimentar novos sabores e marcas.

Assim como as compras online cresceram, o fluxo de informação sobre esse universo também aumentou, com lives diárias de todos os perfis, desde grandes marcas e influenciadores até iniciantes. Para quem não sabia nada sobre charutos, foi uma boa hora para se aventurar nesse universo e descobrir mais sobre tudo o que faz parte dele.

Porém, grandes eventos – como o Festival Origens, que aconteceria em outubro – ainda estão indefinidos. A reunião de muitas pessoas em um só espaço demanda cuidados redobrados e a grande maioria dos organizadores não sente segurança em incentivar aglomerações.

Minha aposta é que apenas em 2021 vamos ter eventos de grande porte acontecendo, mas, por enquanto, continuamos aproveitando o que o ambiente digital pode nos proporcionar. 

CHARUTOS DO MÊS 

NICARÁGUA 
Charuto Vegafina 1998 54
Suave-média. R$ 65.

(Foto: divulgação)

NICARÁGUA
Charuto Senderos Premium Toro
Suave-média. R$ 30.

(Foto: divulgação)

REPÚBLICA DOMINICANA 
Charuto Fratello Bianco III
Média. R$ 75.

(Foto: divulgação)

*Coluna originalmente publicada na edição #239 da revista TOPVIEW. 

In this article

Join the Conversation