ESTILO

Startup decifra as movimentações nos bairros mais chiques de São Paulo

Jardim Europa, Cidade Jardim, Vila Nova Conceição e outros bairros nobres têm aumento contínuo de preços e seguem disputados

Cidade Jardim, Vila Nova Conceição e Jardim Europa são os bairros mais requintados – e, consequentemente, mais caros – para se morar em São Paulo. Um levantamento recente realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas também apontou que a Vila Olímpia e o Itaim Bibi tiveram grande valorização no último ano, bem como o distrito de Pinheiros, que abriga o bairro nobre do Jardim Europa.

O metro quadrado na região de Cidade Jardim, por exemplo, está em torno de R$ 22 mil. Vila Nova Conceição segue com a média de R$ 18 mil o m² e Jardim Europa, R$ 17 mil o m². “No último trimestre, sentimos uma grande retomada das buscas e movimentações no setor de alto padrão, principalmente em relação aos lançamentos de imóveis de luxo, com isso, as principais regiões desse nicho seguiram com valorização”, explica Vinicius Souto, CEO da Mudee, primeira startup e proptech brasileira dedicada ao mercado residencial de alto padrão e luxo.

 De acordo com o monitoramento realizado pela Mudee, nos bairros citados a qualidade de vida é um diferencial, por isso a procura sempre constante e, consequentemente, o aumento contínuo de preços. No Cidade Jardim, por exemplo, a arborização intensa é um destaque; outro fator positivo da região é a segurança. A infraestrutura e a localização estratégica das regiões nobres mencionadas também são fatores que fazem desses bairros ótimas opções para se viver bem na capital paulista.

No topo da lista dos bairros nobres de São Paulo, o Jardim Europa é um dos mais procurados, de acordo com as movimentações na plataforma Mudee. “É uma das regiões mais apreciadas por seus amplos casarões e vias com muito verde, sem contar que é vizinho de bairros igualmente procurados, como Itaim Bibi, Vila Olímpia e Cidade Jardim”, conta Souto. O Jardim Europa abriga diversos estabelecimentos culturais e de lazer, instituições de ensino renomadas e tem ainda a Avenida Faria Lima, que concentra os maiores edifícios financeiros da cidade. É a oportunidade de morar com qualidade de vida e estar perto do trabalho que faz dessa região um dos lugares mais visados da capital.

Dicas da Mudee 

Visitar a região e usufruir de sua infraestrutura para vivenciar o local antes de morar é sempre uma boa forma de conhecer mais sobre o bairro, segundo o CEO da Mudee. “Conhecer seus estabelecimentos, caminhar nas ruas, visitar seus espaços culturais pode influenciar nessa decisão. A região buscada para morar deve ter a ver, sobretudo, com o estilo de vida dos moradores”, sugere Souto.

Para quem sonha em viver em algum desses bairros e procura uma oportunidade, o especialista no mercado imobiliário de São Paulo informa que há muitos empreendimentos sendo lançados neste último período e comprar um imóvel na planta, por exemplo, pode ser uma ótima oportunidade de adquirir uma residência nas principais regiões da cidade com as melhores condições financeiras.

Outra sugestão é procurar especialistas na região, como private brokers e imobiliárias voltadas para o alto luxo residencial. A tecnologia, recentemente, também tornou-se outra grande aliada para mapear e decifrar oportunidades em bairros de condições privilegiadas. A plataforma imobiliária Mudee oferece design e tecnologia para auxiliar na busca do imóvel ideal, sendo focada estrategicamente nos melhores bairros da cidade de São Paulo. Com ela, de forma prática e rápida, é possível comparar os bairros, os imóveis e a melhor imobiliária, contando com mapas e fotos profissionais. “Focamos no mercado imobiliário de alto padrão, com venda e locação de apartamentos, casas, flats e imóveis comerciais em São Paulo. Através da nossa plataforma, realizamos o sonho da casa nova no bairro desejado de forma segura, proporcionando uma experiência única. Em breve levaremos mais comodidade ainda aos nossos clientes com o lançamento do tour virtual, facilitando ainda mais a busca pela casa perfeita”, finaliza Souto.

Deixe um comentário