Setor de Cruzeiros espera mudanças em portaria para estrangeiros - TOPVIEW

Setor de Cruzeiros espera mudanças em portaria para estrangeiros

Para especialista, entrada de turistas estrangeiros por mar e terra deve ser próximo passo

Compartilhe

No final de setembro, o governo federal editou duas portarias (de 24 e 31 de setembro) que garantiram a abertura dos aeroportos para viagens de turismo, trabalho ou negócios, mas as fronteiras marítimas e rodoviárias continuaram fechadas.

Com a temporada de cruzeiros tradicionalmente iniciando em novembro, o setor freou sua venda de pacotes, mas espera uma definição em breve do governo federal. “Há uma expectativa de que a próxima portaria, programada para o final de outubro, garanta a entrada de turistas estrangeiros pelo mar, o que ajudará a retomada da economia”, afirma o gerente da Fragomen Brasil no Rio de Janeiro, Diogo Kloper.

A portaria de 24 de setembro já liberou a entrada de turistas em todos os aeroportos, mas continuou restringindo as vias marítimas e terrestres com exceção das pessoas que já possuem residência por prazo determinado ou indeterminado ou que trabalham em serviços essenciais. A tripulação de navios pode se encaixar nessa categoria. No dia 31 de outubro, outra portaria excluiu o seguro-saúde para entrada de estrangeiros, mas as restrições via terra ou mar continuaram.

A preocupação sanitária e o controle mais difuso (no caso das fronteiras terrestres) são as principais razões para as restrições, avalia Kloper. O setor prevê uma mudança de temporada, que normalmente vai de novembro a março. Como o carnaval foi adiado para maio ou junho, é possível que haja uma mudança desse calendário.

In this article

Join the Conversation