Série documental, "Sagrados e profanos" aborda relação entre moda e os movimentos artísticos - TOPVIEW

Série documental, “Sagrados e profanos” aborda relação entre moda e os movimentos artísticos

A série, em formato documental, explora a evolução e a convergência entre os movimentos artísticos e expressões fashionistas

Compartilhe

A arte acompanha a sociedade desde a pré-história, quando o homem desenhava em superfícies rochosas para contar histórias do cotidiano, sobre caças ou para registrar rituais “mágicos”. No entanto, além de ilustrações, a arte é composta por inúmeras formas de manifestação, entre elas a moda, que reflete diretamente o comportamento de uma população em determinado período histórico. Pensando nessa fascinante relação entre moda e arte, a Okna Produções e o canal FashionTV anunciam a estreia de Sagrados e Profanos – Arte, moda e seus criadores, série em formato documental que explora a evolução e a convergência entre os movimentos artísticos e expressões fashionistas.

Dirigida por Pedro Zimmermann, produzida por Aletéia Selonk e produção executiva de Marlise Aúde, Sagrados e Profanos entra em cena para mostrar que, mesmo quando uma pessoa não segue um conceito “da moda” apresentado nas passarelas, a maneira como ela se veste acaba por seguir características do estilo predominante na época em que vive ou de movimentos artísticos que exercem alguma influência sobre ela. Para ratificar a tese, diversos profissionais – entre historiadores, estilistas, pesquisadores, empresários e personalidades do ramo – realizam um estudo rico em detalhes a fim de entreter e informar os telespectadores.

Com oito episódios de 24 minutos cada, a série analisa um movimento artístico diferente por semana, terminando sempre com a exibição de um figurino criado com inspiração no movimento abordado por algum jovem fashion designer brasileiro, iniciante na carreira.

Expressionismo na estreia

Sagrados e Profanos aborda em seu episódio de estreia o tema Expressionismo – O Drama na Moda, mostrando como esse movimento artístico – que, como o nome sugere, valoriza as expressões do ser humano – influenciou a moda na época. Conta com as participações especiais da jornalista Lilian Pacce e do estilista e historiador Lorenzo Merlino, entre outros convidados, que fazem uma análise sobre o período. O programa salienta como o drama interferiu diretamente nos padrões de vestuário. A jovem designer de moda Wendy Borin é a incumbida de criar um figurino expressionista, que é apresentado no fashion film exibido ao final do episódio.

“Como diretor, Sagrados e Profanos me ofereceu a oportunidade de exercitar diferentes estilos. Especialmente nos fashion films que encerram os episódios, busquei explorar um pouco das soluções estéticas, do uso de cores e formas que caracterizaram cada movimento abordado“, afirma Pedro Zimmermann, que também é roteirista da série. Após o episódio sobre o Expressionismo, nas semanas seguintes os telespectadores vão conferir como a moda foi influenciada por movimentos como Impressionismo, Art Nouveau, Cubismo, Surrealismo, Simbolismo, Op-Art e Pop Art.

Chama a atenção na série a proximidade estabelecida entre a moda e os diferentes movimentos artísticos surgidos ao longo das últimas décadas”, conta o Zimmerman. “Estabelecemos um diálogo que vai além da influência notável das artes plásticas sobre inúmeros estilistas, mostrando que isso acontece também no sentido inverso, com artistas descobrindo que a moda pode se tornar um importante veículo para a criação. Do movimento impressionista à arte contemporânea, essa relação parece se tornar mais forte com o passar do tempo”, finaliza o diretor da série.

Sagrados e Profanos estreia no canal FashionTV em 4 de setembro, às 20h30. Os novos episódios são exibidos sempre às sextas-feiras, com reprises semanais às segundas, quintas e sábados, no horário das 20h. Clique aqui para acessar a lista de operadoras de TV por assinatura que oferecem a FashionTV em seu line-up.

In this article

Join the Conversation