ESTILO

Projeto Carta, Cartão, Afeto convida à escrita afetiva

Um site com mostra interativa possibilita envio de mensagens personalizadas

Escrever uma carta é visitar o outro com palavras escritas. Uma carta, além de levar notícias, também é história: quando alguém conta de si, conta da linguagem de sua época, os ares de um lugar, descreve a vida e relata fatos históricos. O que a gente pensa, sente, fala e defende fica para que as gerações posteriores possam nos conhecer. 

O projeto Carta, Cartão, Afeto é um convite a escrever cartas, bilhetes, recados. Seja para alguém que sentimos falta, que está viajando, seja para o universo, para a natureza ou ainda para um grupo específico, como os trabalhadores da saúde, que tanto têm feito por nossas vidas, em meio à pandemia de COVID-19 que vivenciamos. 

Foi no ambiente hospitalar que o projeto lançou sua primeira semente: os primeiros escritores foram os pequenos pacientes do Hospital Pequeno Príncipe, localizado em Curitiba. Para incentivar as crianças do Hospital e seus familiares a participarem da mostra, o projeto ofereceu uma série de 08 vídeo-oficinas que estão sendo transmitidas em 400 televisores da instituição que ficam em enfermarias, ambulatórios e quartos. Nos vídeos, o apresentador Nélio Velho, vivido pelo ator e educador Nélio Spréa, recebe convidados especiais e embarca na aventura das mensagens escritas à mão. Os vídeos contam com desafios, curiosidades e muito bate-papo sobre cartas, bilhetes, cartões. Estas oficinas também estão disponíveis no Youtube do projeto para o público em geral.

Os pacientes do Hospital Pequeno Príncipe também estão recebendo gratuitamente um kit especialmente desenvolvido pelo projeto contendo uma cartilha e itens de papelaria exclusivos, a fim de aguçar as crianças e suas famílias a escreverem e lerem cartas em atividades lúdicas e afetivas. O kit também está à venda na loja de produtos sociais do Hospital Pequeno Príncipe, na entrada da Rua Desembargador Motta. O valor arrecadado será integralmente revertido para a instituição. 

Durante este ano, o projeto também ofereceu um curso gratuito de contação de histórias, voltado especificamente para professores da rede pública de ensino de Curitiba. “O essencial curso de Contação de Histórias da Fafá” contou com a participação de 500 educadores da cidade.

Agora, o projeto Carta, Cartão, Afeto convida todos os públicos a integrar e visitar a mostra interativa online sobre outras formas de estar junto. Nesta mostra, além de conferir o que foi colocado no papel pelas crianças e adolescentes internados no Hospital Pequeno Príncipe, todos poderão trocar saberes, saudades, mensagens e deixar-se registrar na história dos afetos trocados por mensagens escritas à mão. Para participar, basta acessar o site na aba “faça sua carta” e postar sua mensagem escrita que pode ser destinada aos pacientes e profissionais do maior hospital pediátrico do Brasil ou a qualquer pessoa.


Serviço:
Carta Cartão Afeto – Mostra interativa sobre outras formas de estar junto 
Site: clique aqui

Compre o kit cartilha e papelaria
Valor: R$25,00
*Toda a renda será revertida para a instituição
O kit contém: 3 blocos de papel de carta ilustrados (15x21cm, 30 folhas), 18 Cartões sortidos ilustrados (10×15 cm, 3 modelos), 18 Envelopes sortidos ilustrados (11,5x16cm, 3 modelos), 2 cartelas de adesivos ilustrados (10x15cm, 2 modelos), 1 cartilha ilustrada (14,8x21cm, 32 páginas) 1 lápis.

Local de venda: Loja de Produtos Sociais do Hospital Pequeno Príncipe (Rua Desembargador Motta, 1070 – Água Verde – Curitiba)
Ou pelo site: clicando aqui

Vídeo-oficinas: clique aqui
Facebook: @cartacartaoafeto
Instagram: @cartacartaoafeto

Deixe um comentário