Sabor turbinado: onde encontrar comida fitness em Curitiba

Sabor turbinado: em Curitiba, restaurantes incluem opções fitness em seus cardápios

Alimentação equilibrada, mas apetitosa, não é meta só das pessoas que buscam um estilo de vida saudável. A onda chegou aos restaurantes!

678 0
Compartilhe

“Não tem algo mais leve?”. Quem nunca fez essa pergunta ao garçom em um restaurante ou uma lanchonete? Não raro, as opções “leves” disponíveis se limitavam a um ou dois tipos de salada, um suco natural aqui, uma proteína grelhada lá. A pouca variedade em opções saudáveis, e ao mesmo tempo realmente apetitosas, tem estimulado chefs e empresários de grandes restaurantes a trazer uma novidade que promete virar tendência: os menus ou cardápios fitness, com pratos que combinam ingredientes altamente nutritivos e que se complementam sem deixar de lado o que todo mundo realmente quer na hora de comer: sabor!

O pontapé inicial foi dado pelo Babilônia Gastronomia, onde o vasto cardápio de risotos, hambúrgueres, massas e até sushi agora dá espaço ao menu Wellness – que significa bem-estar em inglês. O alvo é tanto o praticante de esportes quanto aquele cliente que busca a tal opção “mais leve”.

O menu Wellness foi criado a pedido dos próprios clientes, segundo Marcelo Woellner Pereira, sócio da casa. Entradas, pratos principais, sobremesas e sucos foram desenvolvidos pela nutricionista Thais Mezzomo. Após meses de pesquisas e experimentos, ela resgatou dos hábitos de consumo do público saudável ingredientes que unem equilíbrio nutricional e sabor – caso do Congrio Rosa ao Molho de Laranja e Gengibre (R$ 39). Acompanhado de purê de batata-doce roxa, não tem glúten e nem lactose na receita.

A iniciativa foi bem aceita, embora alguns clientes tenham estranhado certas combinações. “Já me pediram para trocar a batata-doce do purê por batata-salsa. Então, foi preciso explicar que cada complemento está ali por um motivo”, explica Pereira. A batata-doce, por exemplo, é um carboidrato com pouco açúcar, rico em fibras, e fonte de ferro e potássio. Não à toa, tornou‑se alimento queridinho das blogueiras fitness, que compartilham diariamente sua rotina saudável de alimentação regrada e exercícios.

Tendência Curitiba afora

Com mais de 600 mil seguidores no Instagram, a mais conhecida blogueira desse time, a baiana Gabriela Pugliesi, chamou a atenção de um famoso restaurante italiano de São Paulo, o Serafina. Em parceria com a nutricionista Alessandra Luglio, foi convidada a desenvolver o Cardápio Fit da casa.

Com duas unidades, uma delas no sofisticado bairro paulistano dos Jardins, o Serafina, que serve principalmente massas, lançou seu cardápio saudável em março também como resultado da demanda dos clientes. Especialmente, das mulheres. “Elas representam 80% dos clientes que procuram pratos saudáveis”, diz a gerente de operações do Serafina, Analuisa Scalon. “E não são todas atletas, mas apenas clientes em busca de uma alimentação mais nutritiva”, ressalta.

Só fitness

Antes das iniciativas do Babilônia e do Serafina, o curitibano Mr. Green Healthy Food surgiu em 2012 como uma casa especializada somente em produtos saudáveis. Há um ano, os sócios perceberam potencial no negócio ao identificar um público interessado em manter a dieta equilibrada durante o ano todo, e não apenas antes e durante o verão.

“A partir daí, investimos mais no conceito fitness, modificando algumas receitas e diminuindo a quantidade de sódio, gordura e carboidratos, por exemplo”, revela o sócio da casa, Felix Bonissoni Neto. Desde janeiro, o Mr. Green está também dentro da Academia Swimex, nas Mercês, onde é possível encontrar parte do cardápio original, entre salgados, bolos e tortas integrais, barras de cereais e sucos funcionais. “E temos planos de expansão”, anima-se Felix.

Delivery saudável

Não tem desculpa para não ser saudável. Há um ano, a Leve 2 Go leva mais saúde até os curitibanos, em casa, no trabalho, no parque… O restaurante funciona no Centro Cívico, mas oferece um sistema de delivery sustentável, feito de bicicleta, nos bairros mais próximos. Saladas, sanduíches, wraps e sucos são produzidos com ingredientes naturais e, em alguns casos, orgânicos.

OPÇÃO: SAÚDE!

Em passagem por Curitiba, a blogueira fitness e empresária Carol Buffara lançou o livro Projeto Carol Buffara e falou com exclusividade para a TOP VIEW

TOP VIEW: Em seu livro você elenca “superalimentos” como grandes aliados. Se tivesse que escolher apenas um, qual escolheria?
Carol Buffara: a L-Carnitina, que ajuda o corpo a produzir mais energia, colabora para a perda de peso, aumenta as defesas imunológicas, atua no desenvolvimento das faculdades mentais e ainda diminui os níveis de colesterol ruim e triglicerídeos. Apesar de ser fabricada pelo próprio corpo, também pode ser comprada e consumida em cápsulas, líquida ou por meio de alimentos como carne vermelha e laticínios.

TV: E para ganhar músculos, quais alimentos você tem consumido?
CB: Estou focada em alimentos saudáveis e ricos em proteínas como as frutinhas goji berries desidratadas, spirulina, maçã, abacate, figo, vegetais e nozes. Mas é uma questão pessoal. Às vezes, o que funciona pra mim não funciona pra outra pessoa.

TV: Segundo você, “disciplina é a vitória da razão sobre a preguiça”. Para nós do Sul é mais fácil ter essa disciplina no verão. Alguma dica para vencer a preguiça no frio?
CB: É claro que morar no Rio de Janeiro ajuda, mas quando estou em Nova York a 10°C negativos também saio pra correr. Vou agasalhada, com mil casacos, mas vou.

TV: O frio pede comidas pesadas. Como driblar a vontade  de uma feijoada gorda, por exemplo? Como tornar o saudável mais “quentinho”?
CB: Troque a feijoada gorda por caldinho de feijão, sem bacon nem nada disso, pelo amor de Deus!

TV: Você nunca sai da linha? Acha que liberar a dieta nos finais de semana ajuda a mantê-la em dias comuns ou só atrapalha?
CB: Saio, claro! Mas no somatório da semana o saldo é muito mais positivo, então a saída de linha não tem efeito negativo. Acho que ninguém deve pensar em fazer dieta e sim reeducar a alimentação. Tudo é uma questão de costume. Não gosto de nada radical. Vá mudando aos poucos, diminua o que faz mal, experimente alimentos naturais, frutas, legumes.

ONDE ENCONTRAR

Babilônia Gastronomia_(41) 3566-6464
Alameda Dom Pedro II, 541, Batel.
Salada Tropical (alface, rúcula, broto de alfafa, tomate cereja, manga e blueberries, R$ 24,90); Medalhão de Mignon com Risoto de Arroz Cateto Integral e Abóbora (R$ 37); Suco de beterraba, laranja e gengibre (R$ 10); Brigadeiro proteico de amendoin Fun Fit (R$ 19).

Leve 2 Go_(41) 3222-3333/9841-1333
Rua Senador Xavier da Silva, 417, Centro Cívico.
Wrap Mignonmel (mignon, muçarela light, tomate e molho de mostarda e mel, R$ 15,90); Baguete integral rústica (presunto Parma, rúcula, tomate seco e mostarda escura, R$ 16,20); Peru Bem Bolado (sanduíche com peru em fatias, alface, cenoura, tomate e creme de cebolinha, R$ 13,70).

Mr. Green Healthy Food_(41) 3079-1244
Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1.430, Bigorrilho.
Chicken Light (wrap com frango, espinafre, queijo branco e mix de folhas, R$ 17,20); Spicy Mignon (pão, mignon, creme de pimenta, mix de folhas e queijo prato, R$ 19,50); Sucos Detox e Anti Fadiga (R$ 7,50).

Restaurante Serafina_(11) 3081-3702 (Jardins) | (11) 3079-1391(Itaim)
www.serafinarestaurante.com.br
Salmão em crosta de quinoa (R$ 55); Drink antioxidante (amora, framboesa, água de coco, alecrim, R$ 15); Hambúrguer de frango orgânico no pão sem glúten com mix de folhas (R$ 39); Bolo de banana com castanhas, canela e calda de amora (R$ 15).

PARA SABER MAIS

Livro Projeto Carol Buffara, de Carol Buffara. R$ 49,90. Disponível na Livraria Cultura, Livraria Martins Fontes Paulista (SP) e no site www.nagnag.com.br.

In this article

Join the Conversation