O seu roteiro definitivo de onde comer na Espanha

Guia: 10 pontos gastronômicos da Espanha para provar as iguarias típicas de lá

De Valencia até Cantábria: prove Caracoles en salsa, Salpicão de Marisco e Batatas Bravasa nos melhores lugares da Espanha

984 0
Compartilhe
Onde comer na Espanha Frutos do mar

A culinária espanhola é muito conhecida pelas várias formas de uso de frutos do mar, da batata e, claro, da harmonização com vinhos. E a agência de viagens Interpoint preparou uma lista com sugestões de onde comer na Espanha. Descubra os 10 melhores pontos para provar pratos como Caracoles en salsaSalpicão de Marisco e Batatas Bravas. :3

Onde comer na Espanha

A começar por Valencia, na Costa Leste da Península Ibérica, a terceira maior cidade da Espanha, depois de Madri e Barcelona. O programa sugere uma parada estratégica para provar Caracoles en salsa (escargots em molho picante de tomate) ao lado de uma boa taça de tinto, depois de ter visitado a famosa cidade e perder-se pelos museus, igrejas, praças e o Mercado Central.

Onde comer na Espanha  Caracoles en salsa
Caracoles en salsa (Foto: Divulgação)

Na sequência, a próxima parada é Sevilha, na Andaluzia, cujo prato principal é o Salpicão de Marisco, prato fresquíssimo e delicioso para ser provado com os elegantes vinhos brancos espanhóis. Inspire-se nas construções mouras como o Palácio Alcazar e deleite-se com monumentos como a Torre Giralda, a Catedral de Sevilha e Praça de Espanha. 

Onde comer na Espanha Sevilha Plaza de España
Plaza de España (Foto: Divulgação)
Onde Comer na Espanha Batatas Bravas (Foto: Divulgação)
Batatas Bravas (Foto: Divulgação)

A parada seguinte é Castela, terra do queijo manchego, de gosto aveludado e agridoce, uma companhia excelente para um vinho branco como o Verdejo, da região de Rueda. Toledo, uma das mais visitadas da região, é também conhecida como a cidade das três culturas. Exibe um impressionante conjunto arquitetônico formado por igrejas, sinagogas, mesquitas, palácios e ruelas de pedra, cercado de muralhas que remontam ao passado. 

Madri vem a seguir e batatas bravas é seu prato imperdível, ao lado de uma bela cerveja artesanal. Entre uma visita e outra a atrações como o Palácio Real, Museu do Prado, Mercado de San Miguel, Museu Reina Sofia, Puerta de Alcalá e Parque Del Buen Retiro, volte às irresistíveis “batatas bravas” e viva como um típico madrilenho.

Leia também: onde ir na Páscoa – caso você seja APAIXONADO por chocolate, like us


Onde comer na Espanha Porta de Alcalá
Puerta de Alcala (Foto: Divulgação)

Castilla Y Leon, um dos destinos com maior diversidade natural da Europa, com monumentos espetaculares, e gastronomia rica, engloba cidades belíssimas como Avila, Salamanca e Segovia, patrimônio da humanidade, e trecho do famoso caminho de Santiago. É dali que vem o célebre e dry-aged Jamon Ibérico, principalmente das cidades de Salamanca e Guijuelo, duas jóias da região.

Na Galícia, o polvo galego é a receita mais representativa e vai muito bem com um vinho branco Albariño, ideal para harmonizar com o prato. Considerada uma das mais belas áreas verdes da Espanha, está protegida até hoje do turismo em massa, mas a região é muito procurada por turistas que querem conhecer as maravilhas do local e se surpreender com a hospitalidade que você não encontra em nenhuma outra parte da Espanha. Ao visitá-la, vale incluir suas principais atrações como Castro de Santa Tegra, Santiago de Compostella, Cidade de Tui, Antigo Mercado Popular Agolad, Bairro Antigo de Ponte Vedra, e em Coruña, Vila de Muros e Praça de Santa Bárbara.

Navajas a la plancha (mariscos no vapor) representa a Cantábria, um dos pontos mais famosos do turismo rural da Espanha. Tal como as Asturias a região é riquíssima em vegetação, variedade e abundância de espaços verdes. O Parque Nacional dos Picos de Europa abarca uma parte desta comunidade. Um dos destinos imprescindíveis é a Caverna de Altamira, onde se conserva um dos ciclos pictóricos mais importantes da pré-história e declarada Patrimônio da Humanidade em 1985. Outra paragem obrigatória são as Termas Romanas de Camesa Rebolledo, um dos recursos naturais de Cantábria e que inclui uma vila romana com uma necrópole e uma igreja alto medieval.

 

Neste Artigo

Converse com a Gente