O equilíbrio e a sintonia das cores no projeto de Margit Soares - TOPVIEW

O equilíbrio e a sintonia das cores

Móveis, objetos e detalhes são peças importantes para evitar os espaços monocromáticos

491 0
Compartilhe
equilíbrio

Na hora de planejar um ambiente, um dos desafios é criar uma composição harmoniosa entre espaços, móveis, objetos e texturas para oferecer um local aconchegante e confortável para quem irá utilizá-lo. Nessa hora, a sensibilidade e o uso racional da paleta de cores são essenciais para o sucesso do projeto. É fundamental pensar no conjunto da obra. É comum os clientes pedirem ambientes com um pouco de cor e geralmente associam isso às peças de proporções significativas.

No entanto, é importante fazer a dosagem correta no uso das possibilidades da paleta cromática. Em um projeto de decoração, o ideal é trabalhar as cores nos detalhes. Em peças grandes, isso é um erro porque torna o ambiente cansativo. Hoje é possível trabalhar com uma grande diversidade de cores provenientes. Entre as alternativas estão os tons de metais como dourado cromado, bronze e prata e as composições que eles permitem, inclusive para originar novas cores. É também aí que entram em cena os móveis, quadros e objetos.

Eles têm o papel colorir os espaços, evitando cenários monocromáticos. É interessante trabalhar as composições de texturas e de materiais para “dar cor” ao ambiente. Esse jogo de diferentes recursos e tonalidades permite criar uma sensação diferente para uma mesma cor, sem pecar pelo excesso de informação.

Margit Soares
margitsoares.com.br
@margitsoares

*Matéria originalmente publicada na edição 231 da revista TOPVIEW.

In this article

Join the Conversation