ESTILO

Mil projetos celebram o convívio arquitetado em quatro décadas

A Baggio Schiavon Arquitetura, escritório especializado em arquitetura empresarial, estabelece na integração entre o interior e o exterior dos empreendimentos uma assinatura de sofisticação humanizada, na qual o respeito ao entorno e à coletividade são materializados

A prática da gentileza urbana (também conhecida como fruição pública), que integra empreendimentos ao entorno dos lugares confiando à coletividade cenários de convívio, representam uma espécie de convite ao bem viver. Nesse direcionamento, a Baggio Schiavon Arquitetura (BSA), escritório paranaense com foco em arquitetura empresarial, reúne nestes 40 anos de história uma galeria a céu aberto composta por mais de mil obras que mesclam inovação, sofisticação e humanização.

ASSISTA: Baggio Schiavon Arquitetura: 40 anos de história

Para o arquiteto Flavio Schiavon, sócio-diretor da BSA, os empreendimentos desenvolvidos pelo escritório vêm carregado de muitas referências e responsabilidade em toda a sua amplitude.

“Nutrimos obsessão pela arquitetura, por realizar de acordo com normas e legislação. Essa é uma forma de arte extremamente complexa porque você tem muitas necessidades a serem atendidas até identificar uma estética, não só para nós, mas para toda coletividade, para a cidade, porque um edifício, além de marcar a paisagem da cidade por muito tempo, transcende o tempo das nossas vidas”.

Isso explica o impacto que os projetos da BSA despertam nas pessoas, conhecedoras ou não de arquitetura.

“Buscamos entender todas as variáveis, necessidades, questões técnicas e ambientais que estão envolvidas no raciocínio de cada projeto. Não se trata, apenas, do nosso gosto pessoal, mas do impacto de cada intervenção”, completa Schiavon.

Desde os projetos da primeira fase do escritório, esse quebra-cabeças inclui desafios e integração. O mixed use Evolution Towers, por exemplo, interage com a cidade pelas Ruas Comendador Araújo e Brigadeiro Franco. “Trata-se de um edifício importantíssimo que a Baggio Schiavon assinou e que representa uma grande discussão dessa relação do espaço público-privado e de tornar permeável o ambiente da cidade”, salienta.

Essa solução demonstra um caminho natural, em uma sequência de desafios, que levou a BSA a desenvolver ao longo dos anos 2000 o superlativo case de fruição pública, o Neo Superquadra (2009). O empreendimento multiuso interligou três torres em quase 60 mil m² e, desde o início, tinha o objetivo de não ter uma concentração só de escritórios ou apartamentos. Em um único terreno foram construídas uma torre residencial, uma comercial e uma corporativa – Neo Residence, Neo Business e Neo Corporate interligadas por um boulevard que permite acesso dos pedestres às três ruas que o cercam. “Nós conseguimos integrar a Rua da Glória, que era uma rua isolada do Centro Cívico a uma quadra de 300 metros, sem qualquer conexão, não fosse pela Rua Comendador Fontana, com tráfego pesado”, afirma. Com três frentes e acessos diferentes: pela Avenida Cândido de Abreu, Rua da Glória e Rua Heitor Stokler de França. O projeto envolveu muito estudo e pesquisa em profundidade para otimizar a vocação do terreno e tirar o melhor proveito dele e da localização privilegiada.

Residenciais contemporâneos

“As pessoas estão mais para dentro dos espaços, mas elas não precisam ficar fechadas. E aí eu acho que essa faceta do nosso trabalho de integrar o espaço interno com o espaço externo ganha novas conotações”.

Fazendo uso de muito vidro, muito visual, muita ventilação e muita insolação. Schiavon considera como uma grande tendência que os projetos caminhem na direção de proteger o espaço interno, mas não fechá-lo. “As pessoas vão trabalhar mais em casa, elas precisam ter mais conforto precisam estar aptas a fazer seu trabalho e suas relações diárias dentro de casa, de uma maneira mais agradável, e isso impacta também nos edifícios de trabalho”, aponta.

Tonino Lamborghini Residences, em Balneário Camboriú (SC), e o Pinah, em Curitiba (PR), são dois residenciais contemporâneos alinhados a essa percepção e que enriquecem os mais de mil cenários de convívio, proporcionados ao longo de 40 anos de história da BSA. No Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú toda a sofisticação do design italiano está presente em ambientes exclusivos, exuberantes, trazendo à tona uma reinterpretação do estilo de vida do badalado balneário do litoral catarinense. O Pinah, por sua vez, reforça a identidade de sustentabilidade e sofisticação da capital das Araucárias em uma leitura primorosa do endereço em que foi construído. Com tons terrosos que remetem ao pinhão, o empreendimento está incrustado em 986m² de bosque com araucárias e árvores frutíferas que atraem pássaros típicos do Sul do país como os sabiás e aves raras. Esse feito demonstra o compromisso bem-sucedido do Pinah em solucionar a reconexão do homem ao meio ambiente em uma localização situada no coração financeiro de Curitiba. Usando plenamente elementos de biofilia, o empreendimento equilibra completamente natureza com desenvolvimento e adere ao cenário de uma das alamedas mais charmosas da cidade – a Alameda Presidente Taunay.

“Nossa missão consiste em entender onde o empreendimento está localizado, qual o talento e a vocação daquele lugar. Quem são as pessoas que possivelmente vão estar lá, com o que elas se conectam, quais são suas preocupações e ambições? É assim que elaboramos um conceito que se sustente”, completa Schiavon.

Livro e comemorações

O arquiteto é categórico em reconhecer que ´a Baggio Schiavon não seria a Baggio Schiavon se não contasse com um grande time´. “Trabalhamos com muitos profissionais que fazem parte dessa história e merecem ser homenageadas de alguma forma e é isso que a gente pretende fazer ao longo do ano”, avisa.

Com tanto conhecimento e histórias acumuladas na realização de mais de mil obras, dentre elas o icônico World Business (2002) e o DOC Castelo Batel (2016), empreendimento contemporâneo que serviu como estratégica moldura para um patrimônio histórico do Paraná, a arrojada atuação da BSA despertou, em pleno 2020, a atenção de empreendedores na Índia e, em breve a BSA anunciará um empreendimento na capital financeira do país asiático.

Na esteira dessa evolução, o aclamado escritório, que marca sua presença nos Estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, se prepara o lançamento de um livro de arte, ainda no primeiro semestre de 2021, no melhor estilo ´coffee table´, com imagens produzidas por fotógrafos veteranos e veneráveis. A programação comemorativa dos 40 anos, adiada no ano passado por conta da pandemia sanitária, ainda prevê a realização de uma digna exposição, em museu que integra seleto grupo das ´Melhores Atrações do Mundo, que reunirá os empreendimentos emblemáticos produzidos nas últimas quatro décadas´ pelo player de expressão singular.

Deixe um comentário