Dica de especialista: os melhores lugares de Curitiba para comer bem

Dica de especialista: os melhores lugares de Curitiba para comer bem

Onde comer pratos típicos paranaenses? Ou ir sozinho? 15 experts em gastronomia indicam seus lugares preferidos para várias ocasiões

225 0
Compartilhe

André Furlaneto, chef da Cantina Casa Verde, de Antonina, indica o barreado do Armazém Santo Antônio como melhor prato da culinária paranaense em Curitiba.

Armazém Santo Antônio: Rua Solimões, 344, São Francisco, (41) 3077-5505. Aberto todos os dias em horários diferenciados. De segunda a sexta, das 19h30 às 23h30. Sábado, das 11h30 às 16h30 e das 19h30 às 23h30. Domingo, das 11h30 às 16h30.

“É o sabor que mais aproxima as cidades de Curitiba e Antonina”.

Diego Guidolin, indica o Greengo Vegetariano como melhor lugar para tomar um drink.

“O meu preferido é a Caipirinha Gringa deles. Vai cachaça orgânica, limão siciliano e maple syrup no lugar do açúcar. O lugar é superaconchegante e a comida saborosa, agrada até quem não é vegano. E essa caipirinha é toda diferente, faz uma releitura da clássica, é mais leve”.

Greengo Vegetariano: Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1.282, Centro, (41) 3023-4441. De terça a domingo, das 12h às 22h.

Gabriela Freire, chef no Espaço Celso Freire Gastronomia, indica a Mercadoteca como melhor lugar para lanchar com amigas.

“É ótimo para ir num almoço, lanche ou happy hour. Tem várias opções de comidinhas, frios, queijos, pratos e vinhos. O ambiente externo é bem gostoso e descontraído. Meus lugares preferidos lá são o Bon Vivant e o Vino”.

Mercadoteca: Rua Paulo Gorski, 1.309, Mossunguê, (41) 3205-3901. De terça a sábado, das 10h às 22h e domingo, das 10h às 19h.

Gabriela Carvalho, chef do Quintana Café & Restaurante, indica a Chokolat Chocolateria como melhor lugar para tomar um café da tarde.

“Apesar de não ir com a frequência que eu gostaria, adoro o lugar pela qualidade de tudo, sei que é o lugar certo para comer um docinho ou salgado. Também tem isso de ser um ambiente familiar, comandado por um casal, que eu acho bacana. Normalmente eu nem gosto de éclair, mas a deles sempre preço e é a melhor que já comi”.

Chokolat Chocolateria: Avenida do Batel, 1.190 (fundos), Batel, (41) 3527-1639. De terça a sexta, das 11h30 às 20h. Sábado e domingo, das 12h às 20h.

Ricardo Filizola, chef do La Cocina Eventos e Gastronomia, indica o restaurante Chalet Suisse como melhor lugar para jantar com crianças.

“Principalmente pela excelência da cozinha clássica. O fondue além de saboroso é lúdico”.

Chalet Suisse: Rua Francisco Dallalibera, 1.428, Santa Felicidade, (41) 3364-7889. De terça a quinta, das 19h30 às 23h; sexta e sábado, das 19h30 às 23h30 e domingo, das 12h às 15h.

Beto Madalosso, chef do Forneria Copacabana Iguaçu, indica a Masmorra Cervejaria como melhor lugar para ir sozinho.

“Tem diversos chopes e rótulos de cerveja criteriosamente selecionados. No som, só rock’ n roll. E mais: por ser na frente da Forneria da Itupava, volta e meia eu pego uma pizza do meu próprio forno, atravesso a rua, e fico por ali, bebendo com o dono do pub. Troco pizza por chope.”

Masmorra Cervejaria: Rua Itupava, 1.142, Alto da XV, (41) 3045-7617. Terça, quarta e quinta das 17h às 23h; sexta das 17h à 0h; sábado das 15h à 0h e domingo das 15h às 22h.

Rodrigo Martins, chef, indica o Izakaya Hyotan como melhor lugar para fazer uma reunião.

“Bar simples, comida natural e muito saborosa, feita com técnicas básicas. Ambiente pequeno e intimista.”

Izakaya Hyotan: Al. Augusto Stelfeld, 1.281, Batel, (41) 3224-1910. De terça a sexta das 18h às 0h.

Adriana De Nadai, chef do Vindouro, indica o Bar Schimmel como melhor lugar para um happy hour.

“O Schimmel está instalado em uma casa que existe desde 1886 e que pertenceu a família Schaffer, de origem alemã. A casa é toda decorada no mesmo estilo. Além do chope e da comida excelentes, remete a uma das origens do nosso estado.”

Bar Schimmel: Av. Desembargador Hugo Simas, 1.873, Bom Retiro, (41) 3078-4547. De terça a sábado das 17h à 0h e domingo das 11h30 às 15h30.

Giuliano Hahn, chef do Armazém Santo Antonio, indica o Café Belinha como melhor lugar para comer um PF.

“O preço é justo, a comida é saborosa e bem feita, o service é rápido. Almoço para todos os dias.”

Café Belinha: Rua Professora Rosa Saporski, 372, Mercês, (41) 3016-7997. De segunda a sábado das 11h30 às 15h30.

Fabio Mattos, chef do Poco Tapas, indica o Restaurante Kan como melhor lugar para comemorar um aniversário.

“Sempre procuro experiências diferentes quando vou a um restaurante, e o Kan sempre proporcionou uma experiência da gastronomia japonesa que mistura o clássico com a criatividade, além da alta qualidade de seus alimentos. Sair da rotina para um aniversário é quase um dever.”

Restaurante Kan: Av. Presidente Getúlio Vargas, 3.212, Água Verde, (41) 3078-8000. De segunda a sexta das 12h às 14h30; sábado e domingo das 12h às 15h30; segunda a sábado das 19h à 0h.

Délio Canabrava, proprietário da Cantina do Délio, Bella Banoffi e Canabenta indica o Bar Carmel como melhor lugar para ir a dois.

“É um local com uma excelente cozinha e aconchegante, além de ter preços acessíveis e garçons sempre atenciosos. Indico os pratos Tartar de Carne, que é delicioso, e o Queijo Carmel.”

Bar Carmel: (41) 3252-3222. Rua Deputado Carneiro de Campos, 159, Hugo Lange. carmelbar.com.br

Felipe Miyake, chef do La Varenne, indica o Madalosso como melhor lugar para levar um turista gringo.

“Ele faz parte da história da cidade. Funciona como um relógio há tantos anos. Vale até tentar mostrar a cozinha do restaurante para os gringos, eles não acreditam. Quando vim morar em Curitiba, foi o primeiro lugar que eu quis conhecer. Imagina um gringo!!!”

Madalosso: (41) 3372-2121. Av. Manoel Ribas, 5.875, Santa Felicidade. madalosso.com.br

Sérgio Medeiros, editor do curitibahonesta.com, indica o Barbaran como melhor boteco para ir com fome.

“Dentro da Sociedade Ucraniana, o Barbaran não tem placa na frente e mesmo assim vive lotado. Igor Baran, descendente de ucranianos, administra o bar, que tem mesas antigas, da Móveis Cimo, e quadros do folclore da Ucrânia. O cardápio é extenso e com preço muito honesto. Minhas preferências são a carne de onça, a porção ucraniana e o tradicional pão com bolinho.”

Barbaran: (41) 3322-2912. Al. Augusto Stellfeld, 799, Centro. facebook.com/BarBaranUcrania

Renata Abreu, chef do Bobardi, indica o Restaurante Cantazaro do Hotel Sheraton, como melhor lugar para tomar um café da manhã.

“Gosto do Cantazaro por ser um local acolhedor, com ótimo atendimento. O bufê de café da manhã tem uma apresentação cuidadosa e utiliza ingredientes de ótima qualidade.”

Restaurante Cantazaro do Hotel Sheraton: (41) 3340-4000. Av. Sete de Setembro, 4.211, Centro. Hotel Four Points by Sheraton. atlanticahotels.com

Chef Mayra Batista indica a Chokolat Chocolateria como melhor lugar para comer um doce sem culpa.

“Sua linha francesa de doces faz um link com a culinária do La Varenne. As éclaires são delicadas, saborosas e lindas. Às vezes simplicidade, delicadeza e um preparo bem feito é o que mais chama a atenção e a Chokolat tem tudo isso.”

Chokolat Chocolateria: (41) 3527-1639. Av. do Batel, 1.190 (fundos), Batel. chokolat.com.br

*Matéria publicada originalmente na edição 189 da revista TOPVIEW. 

In this article

Join the Conversation