ESTILO

Marisa Monte por trás dos palcos: artista se revela em ‘Infinito Ao Meu Redor’

Na próxima semana, o canal Curta! apresenta: o documentário "Infinito Ao Meu Redor", a série "Palavra Crítica", entre outros destaques

A cantora Marisa Monte e os bastidores da turnê “Universo Particular” se revelam ao público através do documentário “Infinito Ao Meu Redor”, que acaba de chegar ao Curta!.  O longa, dirigido por Vicente Kubrusly, mostra a intimidade da artista através de um relato em primeira pessoa. Enquanto reflete sobre a própria profissão, Marisa vivencia a experiência de viajar entre 17 países com seu show, visto por mais de 750 mil pessoas.

Do esplendor do palco à correria das viagens, além da calorosa reação do público e da recepção da imprensa por onde passa, Marisa se mostra múltipla: compõe, canta, administra os desafios trazidos pela fama e a própria vida pessoal. Relembra sua adolescência e retoma as origens de sua ligação com a música, ao mesmo tempo que celebra o presente enquanto comemora mais um aniversário.

Foram mais de 500 horas de trabalho filmadas entre o lançamento simultâneo de “Universo ao Meu Redor” e “Infinito Particular” — os álbuns que deram origem ao show — e a apresentação final, dois anos depois, em 2008. Ainda que foque neste espetáculo, o filme também relembra de outros momentos dos 20 anos da carreira de Marisa, recém-completados na época.

Além de ponderações sobre o show business“Infinito ao Meu Redor” mostra a vida de uma artista completa: entre o glamour e a simplicidade, entre a multidão de fãs, os amigos e a solidão da estrada. A exibição é na Segunda da Música, 28 de junho, às 22h30.

Heitor Augusto, crítico de cinema, debate representatividade negra e LGBTQ+ na sétima arte

A experiência e as reflexões de Heitor Augusto, crítico e curador de cinema, configuram o episódio da semana de “Palavra Crítica”, em exibição no Curta!. Heitor é especializado em cinema negro e realiza trabalhos e estudos sobre o universo queer na sétima arte. Sua participação na série é centrada nas questões da representatividade nos filmes.

Com produção da Opara Filmes, e direção de Thiago Leitão, “Palavra Crítica” põe o cinema em observação através do olhar de 12 grandes nomes da crítica brasileira; cada episódio apresenta um deles. Além de Heitor Augusto, a série entrevista ainda Luiz Zanin, Ângela Prysthon, João Batista, Luiz Joaquim, Ernesto Barros, Celso Marconi, Marcelo Lyra, Marcelo Ikeda, Alexandre Figueirôa, Carol Almeida e José Geraldo Couto. A exibição do episódio é na Quarta do Cinema, 30 de junho, às 22h.  

Confira a programação: 

Segunda da Música (MPB, Jazz, Soul, R&B) – 28/06

22h30 – “Infinito ao Meu Redor” (Documentário)
“Infinito ao Meu Redor” é um documentário sobre a cantora brasileira Marisa Monte filmado durante a turnê mundial “Universo Particular”. Foi lançado como quinto álbum de vídeo da artista com um CD bônus incluindo nove músicas em novembro de 2008. Ganhou o Prêmio Multishow de Música Brasileira na categoria Melhor DVD. Direção: Vicente Kubrusly. Duração: 72 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 29 de junho, terça-feira, às 02h30 e 16h30; 30 de junho, quarta-feira, às 10h30; sábado, às 22h40; 3 de julho, domingo, às 15h35.

Terça das Artes – 29/06

20h30 – “O Legado de Merce Cunningham” (Documentário)
O documentário mostra a extraordinária carreira de Merce Cunningham, o grande coreógrafo americano, e a batalha pela preservação de sua herança. Como garantir que seu trabalho viva, apesar de sua morte e do rompimento de sua companhia de dança? Advogados, curadores, dançarinos, músicos, arquivistas e professores de dança unem forças e enfrentam o desafio de implementar um plano de trabalho elaborado pelo coreógrafo antes de sua morte. Direção: Marie-Hélène Rebois Duração: 52 min. Classificação: 10 anos. Horários alternativos: 30 de junho, quarta-feira, às 00h30 e às 14h30; 1 de julho, quinta-feira, às 8h30; 3 de julho, sábado, às 20h10.

Quarta de Cinema (Filmes e Documentários de Metacinema) – 30/06

22h – “Palavra Crítica” (Série) – Ep. “Heitor Augusto”
O debate sobre representatividade e acolhimento no cinema, em especial o cinema negro e LGBTQ+, as imagens e a representação do que exibimos nas telas são temas discutidos neste episódio da série “Palavra Crítica”.  Diretor: Tiago Leitão. Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários Alternativos: 1 de julho, quinta-feira, às 02h e 16h; 2 de julho, sexta-feira, às 10h; 3 de julho, sábado, às 21h10;

Quinta do Pensamento (Literatura, Filosofia, Psicologia, Antropologia) – 01/07

21h – “Leonardo da Vinci – O Homem Universal (Documentário)
Como foi possível um único homem pintar a “Mona Lisa”, conceber o rolamento de esferas e dar a primeira descrição clínica da aterosclerose? Por ocasião do 500º aniversário da morte de Leonardo da Vinci, este documentário responderá a essas perguntas e muito mais, reunindo pistas graças à pesquisa de campo e aos encontros com destacados especialistas.  Direção: François Bertrand. Diretor: François Bertrand. Duração: 52 min. Classificação: Livre. Horários Alternativos: 2 de julho, sexta-feira, às 1h; 5 de julho, segunda-feira, às 1h.

Sexta da Sociedade (História Política, Sociologia e Meio Ambiente) – 02/07

20h – “Guerras do Brasil” (Série) – Episódio: “As Guerras de Palmares”
A história do Brasil colonial tem como um de seus episódios mais relevantes a escravidão. Cerca de 12 milhões de negros foram tirados de suas terras e trazidos como escravos para trabalhar no Brasil. O segundo episódio da série “Guerras do Brasil” conta como, durante o período da escravidão, negros de todas as etnias, em busca de liberdade, fugiram dos engenhos para se refugiarem em quilombos. Surgiram, então, o Quilombo dos Palmares e várias comunidades afro-indígenas, combatidos pela coroa portuguesa. Diretor: Luiz Bolognesi. Duração: 52 min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 3 de julho, sábado, às 00h; 4 de julho, domingo, às 8h50;

Sábado – 03/07

22h30 – “Person” (Documentário)
Através de entrevistas com amigos, familiares e pessoas que trabalharam com o cineasta paulista Luiz Sérgio Person, sua filha, Marina, busca descobrir algo mais do que datas e dados biográficos. Diretor: Marina Person. Duração: 76 min. Classificação: Livre. 

Domingo – 04/07

19h15 – “Uruguai na Vanguarda” (Documentário)
História de como os movimentos sociais no Uruguai colocaram na agenda do presidente José Mujica reivindicações como a legalização da maconha, o matrimônio igualitário, o aborto e a lei de cotas para afrodescendentes, assuntos que posicionam o país na vanguarda da luta pela justiça social no século XXI. Diretor: Marco Antonio PereiraDuração: 71 min. Classificação: 12 anos. Duração: 71 min. Classificação: Livre. 

Deixe um comentário