Expo Revestir 2018: os destaques do evento sob o olhar de dois experts

Fragmentos da Expo Revestir 2018: os destaques do evento sob o olhar de dois experts

Dois arquitetos que estiveram na feira de arquitetura e construção contam TUDO o que de mais incrível viram por lá e, claro, apontam algumas tendências

2554 0
Compartilhe
Expo Revestir 2018

Março recebeu um dos principais eventos de arquitetura e construção, a EXPO Revestir 2018, que traz anualmente novos negócios, inspirações, tendências, tecnologia, e muita, muita inovação para as áreas. Realizada entre 13 e 16 de março, a feira ainda deixa marcas nos profissionais que passaram por lá. Convidamos dois deles: o arquiteto Pedro Henrique Bornemann Silveira e a arquiteta Juliana Medeiros.

Inovação, novidades… Abaixo você confere os destaques da Expo Revestir 2018 sob o olhar deles e as principais tendências que os dois apontam para 2018.

Os ambientes mais interessantes

Pedro: a Arauco, empresa de chapas de MDF, dividiu o espaço expositivo em duas partes mostrando de cada lado um lançamento de cor de acabamento.

A Michelangelo, explorou o mármore branco Paraná e fez do espaço conceito uma linda instalação, o espelho usado no teto duplicava o espaço de forma lúdica.

Juliana: espaço da Docol, por estimular diferentes formas de olhar o “viver a casa” com diferentes casas com a exposição dos produtos, estimulando interação e visualização das peças.

Stand da Portinari, mas sou suspeita a falar por ter projetado o espaço. Mas sentir a percepção das pessoas quanto à proposta que a marca apresentou na feira, mostrando muito de sua essência e valores além da exposição dos produtos, me tocou bastante. Ver que isso foi percebido foi encantador.

Produtos arrasadores da feira

Pedro: a cerâmica com desenho e textura do antigo granilite. Foi uma surpresa! E estava nas principais marcas como Portinari, Portobello e até na espanhola Porcelanosa. Eu acredito que vem como uma proposta para fugir do cimento queimado. E cerâmicas com desenho, textura e impressão de madeira vêm há tempo aparecendo na Expo Revestir.

Nos metais para banheiro, a DOCOL levou a customização do uso das torneiras para a linha Mix&Match, são quatro opções de tamanhos de bicas que com desenhos super limpos compõe com todas as formas de acionamento disponíveis na marca. Isto mostra o quão versátil um produto deve ser para atender o que cada cliente tem como desejo.

Juliana: da Tavola Decor Mix o revestimento em relevo da Portinari, reproduz os tons e movimentos dos veios da madeira de forma encantadora.

Da Carmen, destaco a coleção da parceria entre Portinari e A lot of Brasil com assinatura do italiano Alessandro Mendini. Uma obra de arte.

A Linha bailarinas de Portinari foi inspirada nas obras do pintor Cândido Portinari. De uma delicadeza da equipe de desenvolvimento de produtos da Portinari. Possibilita que as pessoas interajam com as peças e criem suas próprias artes.

A Innovus Coloured MDF Arauco apresentou o MDF Innovus que tem a espessura e superfície do MDF na mesma coloração, o que possibilita usinagem do produto para criar efeitos de relevo personalizados.

E a Deca Comfort trouxe para a feira a Tecnologia Deca Comfort que evita respingos. 

O produto inovador do evento

Pedro: o uso de polímeros aplicados em placas cimentícias, o que pode ser chamado de concreto translúcido. A Palazzo, empresa de Corupá em Santa Catarina, apresentou a linha Luminá. Nesta linha as placas de concreto têm inserções de elementos de polímero translúcido.

O projeto Officina da Portobello leva a cerâmica e o porcelanato além do revestimento de pisos e paredes, em parceria com Ruy Othake e Jader Almeida foram criadas peças incríveis de mobiliário. O porcelanato usado em itens que vão da sala ao banheiro, como estantes, mesas, cabides, vasos, cubas e prateleiras.

Ainda a DECA lançou dois sistemas de uso da água eu proporcionam conforto e economia. O primeiro é Deca Return, que faz o reuso da água fria da tubulação até que esteja aquecida na temperatura de uso, o segundo é um sistema anti-respingo aplicado nas torneiras.

Juliana: eu me encantei com as possibilidades da linha Mix & Match da Docol. Simples, clean e inovador. Poder instalar os misturadores onde quiser na bancada, com um design tão simples e minimalista, dando para a mão do arquiteto a finalização da criação da peça, com as diversas possibilidades de composições e instalações.

E a grande tendência para 2018?

Pedro: customizar! Não é deste ano, mas está cada vez mais forte a tendência de que cada produto possa de alguma forma se adaptar ao gosto e forma de uso de cada um. Além disso, o uso de cores e acabamentos foscos, mais suaves e “amistosos” ao toque, nos trazem a sensação de aconchego e vontade de ter o objeto ou produto junto ao corpo.

Juliana: revestimentos com relevo, o efeito 3D, formas geométricas e a possibilidade do “personalizar” que segue cada vez mais forte.

Neste Artigo

Converse com a Gente