ESTILO

Empreendimentos para pessoas com mais de 60 anos são tendência crescente no mercado imobiliário brasileiro

Clientes têm potencial de compra, são mais questionadores e atentos a detalhes. Soluções para atender diferentes públicos, incluindo pessoas acima de 60 anos, inspiram projetos da Construtora A.Yoshii

Até 2060, o número de brasileiros com idade acima de 60 anos deve representar 25,5% da população, ou seja, mais de 58 milhões de pessoas. Esse cenário se deve ao aumento da expectativa de vida no Brasil ao longo das últimas décadas. Em 2019, a projeção do IBGE (Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia) chegou à média de 76,6 anos. São 31,1 anos a mais desde 1940.

Essa longevidade se reflete no ambiente socioeconômico do País. Dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) apontam que no final de 2019, quase 23% da população com mais de 60 anos estava trabalhando.

Assim como a expectativa de vida incide nas transformações do mercado de trabalho e nos sistemas de saúde, ela também envolve soluções para melhor atender a esse grupo. É o caso do mercado imobiliário, que nos últimos anos vem observando mais atentamente o público 60+ dentro do conceito de Senior Living, que são empreendimentos alinhados às necessidades de pessoas dessa faixa etária.

Alguns exemplos interessantes já são realidade em países como Dinamarca, Estados Unidos e Canadá, que seguem fortemente a tendência do cohousing, onde moradores da terceira idade vivem em residências individuais, porém, em um mesmo terreno, compartilhando espaços como hortas, academia e piscina.

No Brasil, essas demandas também vêm ganhando mais atenção. No Grupo A.Yoshii, referência em construção civil há 56 anos, a gerente de Marketing Maria Fernanda Beneli Vicente observa que há uma boa parcela consumidora com mais de 60 anos. E lembra que este é mais um público para o qual a A.Yoshii vem olhando, a fim de atender e superar expectativas.

“Estamos sempre alinhados às tendências de mercado, o que nos permite incorporar soluções que atendam a diferentes públicos, incluindo o das pessoas acima de 60 anos. Esse é um público que tem potencial de compra, é mais questionador e atento a detalhes. Alguns destaques fazem muita diferença como acessibilidade, passagens amplas, tamanhos de portas e mobiliário ergonômico e adequado, espaços compartilhados na área comum, preparados para as atividades que atendam essa faixa etária. Outro ponto de atenção são as facilidades para o dia a dia”, destaca a gerente.

Em Curitiba (PR), o lançamento do Quintessence, no coração do bairro Batel, conta com amplos halls de acesso e um espaço refrigerado na portaria para conservar produtos perecíveis, pensando na comodidade do delivery; detalhes que estão alinhados ao novo modo de viver nos centros urbanos e ao conceito de Senior Living.

Outra tendência muito forte é o espaço para o “mercado autônomo” nos empreendimentos, assim como galerias de lojas e serviços. Diferenciais que estão no Terrazza di Rimini, novidade da construtora no alto do Bela Suíça, região nobre de Londrina (PR).

A socialização desse grupo específico também é extremamente importante. Diferente de anos atrás, os 60+ hoje participam ativamente da vida em sociedade, estão conectados e ocupando postos de trabalho.

A proposta de coworking para reuniões e home office no Harmonie, lançamento de alto padrão em Campinas (SP), são outras inovações da construtora que atendem a diversos públicos. Mais um ponto de destaque é o conceito de Biofilia – proposta de integração entre pessoas e natureza – aplicado nos jardins externos e espaços ao ar livre destinados à prática de exercícios e lazer.

Para Beneli, a busca por projetos mais modernos também deve estar no foco do Senior Living. Como exemplo, ela cita o wine bar para um encontro com amigos ou familiares, na companhia de bons vinhos.

No Sky Parque do Ingá, mais novo empreendimento em Maringá (PR), os moradores poderão desfrutar desses momentos no rooftop, com vista panorâmica para a Catedral Metropolitana e o Parque do Ingá. O espaço de convivência no alto dos 27 andares, contará com wine bar e fireplace (lareira).

Deixe um comentário