Empório vegano inaugura café online durante a pandemia - TOPVIEW

Empório vegano inaugura café online durante a pandemia

Empresário muda planos de abrir no formato tradicional, com espaço físico, e aposta em entregas e pedidos via whatsapp para testar modelo de negócio

22 0
Compartilhe

A pandemia da COVID-19 mudou a vida de muitas pessoas e muitos negócios tiveram que se reinventar. O proprietário do Mercado Ugami, Marco Bindé, por exemplo, tinha planos de abrir um café/restaurante junto à loja nos próximos meses. A frente do empório especializado em produtos veganos, o empresário teve que adaptar seu planejamento ao momento atual e aderiu à ideia de abrir um café online, com foco nas entregas e nos produtos de produção própria. A inauguração do negócio está prevista para daqui dois meses, devido às adaptações que precisarão ser feitas.

 Marco conta que a proposta do café é ser 100% vegano com o foco em uma alimentação saudável e funcional elaborada por uma nutricionista, com opções de almoço e happy hour, porém o projeto sofreu algumas alterações. Segundo ele, como o local já possui a estrutura necessária para a elaboração das receitas, não será necessário um grande investimento no momento. O foco será trabalhar cada vez mais na elaboração de produtos com marca própria, para venda na loja, e nas opções de almoço para delivery. Além disso, inaugurar o café de forma online será ótimo para perceber as preferências do público e montar o cardápio definitivo. “Queremos um menu feito por um chef, que misture sabores de diversas partes do mundo, resultando em uma comida de ingredientes simples, mas muito bem combinados e executados. A ideia é surpreender.”, diz Marco.

 Com o início da quarentena houve uma queda considerável nas vendas e um aumento da demanda por delivery. “Antes as entregas representavam algo em torno de 5% do nosso faturamento, hoje já são responsáveis por cerca de 40%”, conta o empresário, que decidiu contratar um motoboy exclusivo, após o crescimento no volume de pedidos e da entrada na sessão de mercado do Ifood. Com a inauguração do café, a tendência é que a demanda cresça ainda mais, o que fortalece as vendas e possibilita que o negócio ganhe mais visibilidade.

Desde junho de 2018, o empório se dispôs a oferecer aos seus clientes mais opções de produtos veganos. “No começo a ideia não era ser apenas um empório vegano e sim um lugar mais abrangente, com produtos fit, sem glúten e sem lactose, mas aos poucos focamos mais e hoje temos a loja com maior diversidade de produtos veganos da cidade”, conta Marco.  

 O empório fica no Alto da XV e lá é possível encontrar os sorvetes veganos, pizzas veganas congeladas, chocolates, carne de jaca e diversas opções de frios veganos, como bacon, calabresa, presunto e mais de 10 tipos de queijos como gorgonzola, provolone, prato, brie, entre outros a base de batata ou castanha de caju. Além, é claro, das opções sem lactose, sem glúten e fitness. 

 Durante a pandemia os produtos mais vendidos são os congelados. “Houve um aumento nos pedidos dos produtos congelados, isso porque as pessoas estão fazendo compras pensando a longo prazo. Alguns clientes que vinham várias vezes na semana comprar algumas coisinhas, agora vêm cerca de uma ou duas vezes ao mês e fazem uma única compra maior”, conta Marco. Uma estratégia encontrada pelo mercado foi a opção de enviar aos clientes, pelo whatsapp, uma lista de produtos novos, promoções e reposições. 

 O proprietário ainda notou uma queda em algumas mercadorias como a barrinha de cereal e suplementos esportivos. “Esses produtos funcionam bem para quem tem a vida agitada e não tem muito tempo para parar e fazer um lanche, por exemplo. Agora que as pessoas estão em casa, elas não vêm mais essa necessidade de uma coisa tão prática”, diz.

In this article

Join the Conversation