Dicas do chef: vencedor de reality ensina como fazer uma feijoada autêntica e saborosa - TOPVIEW

Dicas do chef: vencedor de reality ensina como fazer uma feijoada autêntica e saborosa

Chef Jonathan Matheus Thomaz, do restaurante Combray Gastronomia, dá dicas sobre preparo e ingredientes do prato que é símbolo da gastronomia brasileira

Compartilhe

Além de um prato muito consumido pelos brasileiros, a feijoada é uma ótima opção para esquentar nos dias mais frios. Dessa forma, o chef de cozinha Jonathan Matheus Thomaz, vencedor da quarta temporada do reality show “The Taste Brasil” ensina a preparar uma feijoada deliciosa e completa.

Chef Jonathan venceu 4ª temporada do reality The Taste Brasil
(Foto: Divulgação / Jonathan Matheus Thomaz)

Segundo o chef, que comanda a cozinha do restaurante Combray Gastronomia, localizado no Parque Hansen em Joinville (SC), “a feijoada, querida dos brasileiros, também traz uma sensação de conforto, de comida em família, alegria, diversão e tranquilidade”, destaca.

Confira as dicas do chef

O que não pode faltar: Para o especialista é importante apostar em grande variedade de carnes suínas de boa procedência e qualidade, e acompanhamentos fundamentais para a tradicional feijoada como: arroz bem soltinho, farofa, couve refogada e banana à milanesa. Esses ingredientes, segundo ele, fazem toda a diferença e dão o verdadeiro sabor ao prato.

Quem não come carne: Há feijoada para todos os gostos. Quem não come carne, a alternativa é substituir por legumes de preferência, entre eles, cenoura, abóbora, batata salsa e chuchu, para dar a mesma consistência da carne, e apostar em temperos caseiros como alho, cebola e opções defumadas.

Outros acompanhamentos: Além dos acompanhamentos tradicionais, a dica é surpreender sempre com criatividade e variedade. Caldinhos de feijão, pastel de queijo e de carne seca, rolinho de aipim com bacon, pinhão cozido, torresmo, couve com bacon, abóbora caramelizada, tutu de feijão, ovo estalado, bisteca acebolada, laranja, vinagrete de maçã e variedade de saladas são alternativas.

De molho: Para o preparo, o feijão tem que ficar de molho por três razões: para hidratar os grãos, eliminar algumas toxinas do alimento e diminuir o tempo de cozimento. O ideal é deixar de molho por 12 horas ou pelo menos na noite anterior.

Acerte na quantidade: Para cada quilo de feijão, utilize 2,5 litros de água em seu cozimento. Acerte também na proporção das carnes para fazer uma feijoada boa e equilibrada.

Dessalgue: As carnes e os embutidos precisam ser dessalgados e pré-cozidos por cerca de 30 minutos na véspera do preparo. O ideal é que se vá descartando a água dos recipientes é ir provando a carne até que esteja no ponto certo do sal. Durante o cozimento é importante também ficar mexendo na panela para que não grude no fundo.

Temperos: Cuidado com a quantidade de sal, afinal, a feijoada já é um prato salgado por conta das carnes. Porém, ela também precisa daqueles temperos essenciais. Aposte em alho e folhas de louro.

In this article

Join the Conversation