ESTILO

Cresce procura por barcos infláveis para lazer no Brasil

Fabricantes e revendedores confirmam crescimento de vendas de embarcações infláveis. A modalidade de lazer ganha espaço no Brasil com modelos diversificados e repletos de tecnologias e acessórios

Se engana quem pensa que navegação está apenas atrelada a lanchas e iates. Uma nova modalidade que vem ganhando espaço e caindo no gosto dos amantes da náutica são os barcos infláveis. De modelos simples até tecnológicas embarcações, as quais chegam a medir mais de 11 metros de comprimento e são equipadas com ilha gourmet, a versão inflável também é opção de lazer para quem quer ingressar no mercado náutico

Prova disso, é o aumento pela procura por este tipo de embarcação em 40% no ano passado registrado pela maior fabricante de infláveis do país, a Flexboat, revendidos pela Catarina Náutica. “Batemos todos os recordes em 30 anos. Com a pandemia, as pessoas não estão mais adiando sonhos e estão investindo cada vez mais em lazer e bem-estar. O mercado náutico está muito aquecido. A nossa projeção para 2021 é crescer mais 20% em vendas”, reforça o gerente comercial região sul da Flexboat, Paulo Dachille.

“Os botes infláveis, além de servirem como apoio para embarcações maiores, são uma excelente opção para quem quer ingressar no mercado náutico. Eles oferecem segurança e conforto e são mais fáceis de transportar. A busca pelos botes infláveis está crescente. Nossa previsão para 2021 é comercializar pelo menos 2 botes infláveis por mês. Porém, se a demanda continuar alta, esse número pode até dobrar”, explica Roberto Deschamps, diretor da uma das maiores revendedoras e distribuidoras de suprimentos náuticos do Brasil, a Catarina Náutica.

A Catarina Náutica, por exemplo, comercializa de boias a botes infláveis a partir de R$ 299,00 até os mais sofisticados que chegam a R$ 1,7 milhão. “São uma excelente escolha como entrante no mercado náutico. É como se fosse um carro. Começamos com modelos mais simples e que cabem no nosso bolso e, com o tempo, investimos em versões mais modernas”, afirma Deschamps.

Infláveis para vários bolsos e estilos

Flex 1100 Open. Ao longo dos anos as embarcações infláveis deixaram de ser sinônimos de simples barcos de apoio e foram se desenvolvendo, cresceram de tamanho, ganharam motores cada vez mais potentes e até mesmo cabine com posto de comando. É o caso do Flex 1100 Open, da Flexboat, que conta com 11,28 m de comprimento, tem uma elegante cabine central com um posto de comando, sofás, banheiro, espreguiçadeiras, churrasqueira, moderna ilha gourmet com comando por aplicativo e máquinas de café, chás e refrigerante. O barco garante conforto dos usuários e foi projetado para transportar até 14 pessoas. Valor: R$ 1,5 milhão

Flexboat SR 9.5. É ideal para servir como barco de apoio ou para o lazer e pesca nos finais de semana. O Flexboat SR 9.5 é um inflável com casco de fibra de vidro e flutuadores fabricados em tecido Hypalon importado da França. Tem comprimento de 2,86 metros, com capacidade para até 5 passageiros e motor recomendado até 10 hp. Comporta cinco pessoas. Valor: R$ 28.759,00

Wind F240. Da marca ZEFIR, são feitos de PVC e o fundo pode ser rígido (casco de fibra de vidro), semi-rígido (casco de PVC intercalado com madeira envelopada no PVC) ou inflável. Esses botes são indicados para passeio, pesca, uso em transporte de passageiros e para navegabilidade entre a praia e a embarcação por exemplo, ou uma ida até um bar flutuante. Os modelos variam de 2 a 3 metros de comprimento e comportam 4 pessoas. Valor: R$ 9.889,00

Deixe um comentário