ESTILO

Construtora e Incorporadora Piemonte acompanha tendência de mercado com lançamentos de vanguarda

As vendas de apartamentos novos em Curitiba acumulam alta de 58% nos primeiros cinco meses do ano

Pesquisas divulgadas nas últimas semanas mostram que o mercado imobiliário brasileiro está em franco crescimento. Segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), 2020 teve um crescimento de 57,5% nos valores financiados em comparação com o ano anterior. Segundo a ADEMI – Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná, as vendas de apartamentos novos em Curitiba acumulam alta de 58% nos primeiros cinco meses do ano, comparado ao mesmo período em 2020, ou seja, estima-se que as vendas pelas construtoras atingiram um patamar de 2,5 mil imóveis comercializados entre janeiro e maio, totalizando uma média de 505 apartamentos por mês.

Para Nelson Eugênio Silva, diretor da Construtora e Incorporadora Piemonte, num primeiro momento em 2020, assim como todos os setores da economia, houve uma apreensão sobre como o cenário iria se desenvolver devido a pandemia. “Na sequência, notamos uma maior procura pelos empreendimentos, em especial aqueles que ofereciam apartamento maiores ou condomínios de terrenos”, explica. Tal comportamento do consumidor, acredita-se que se deu após a necessidade e a oportunidade de as pessoas ficarem mais tempo em casa, desfrutando do lar. “Aqueles que moravam em apartamentos menores passaram a buscar por unidades maiores; e houve aqueles que moravam em apartamentos e optaram por buscar um lote para construir e mudar para uma casa, tendo mais espaço e ar livre”, salienta.

Outro fator que colaborou para o aquecimento do mercado imobiliário durante esse período foi a queda nas taxas de juros e consequentemente melhora nas condições de financiamento imobiliário. “Isso permitiu que muitos clientes que antes não se enquadravam nos requisitos exigidos pelos bancos, passassem a ter acesso a crédito ou a um crédito mais acessível”, pontua Nelson. A soma desses dois fatores colaborou para que o mercado imobiliário tivesse um dos melhores anos de sua história em termos de número de unidades vendidas. “Mesmo com o caos na saúde, o mercado imobiliário reagiu e passou por esse período melhor do que a maioria dos outros setores da economia. A Piemonte teve o maior ano de sua história em termos de Valor Geral de Vendas (VGV), com mais de 64 milhões de vendas contratadas”, comenta.

“Terminamos o ano de 2020 praticamente sem estoque de unidades à venda e aqueles empreendimentos que tinham algumas unidades restantes tiveram suas vendas concluídas no primeiro trimestre de 2021”, complementa Nelson. Segundo o diretor, a Piemonte realizou a entrega de três empreendimentos no segundo semestre de 2020, sendo dois em Curitiba e um em Florianópolis e conseguiram manter o nível de satisfação dos clientes acima dos 90%.

Em relação a lançamentos em 2020, a Piemonte apresentou um empreendimento de alto padrão em Florianópolis, no mês de novembro. “Um projeto que traz apartamentos com vista para o mar e em uma localização extremamente privilegiada e teve uma ótima recepção do mercado”, salienta. Este empreendimento fica no Cacupé, um bairro reservado dentro da Ilha e já com obras iniciadas e com a estrutura de algumas torres praticamente concluída. Agora em 2021, a construtora lançou um empreendimento de alto padrão, no bairro Vila Izabel, em Curitiba e que, em pouco mais de dois meses de venda já está com quase 30% de unidades comercializadas. “De uma forma geral, tivemos um resultado bastante satisfatório e devemos fechar o ano de 2021 com números ainda melhores”, enaltece.

O diretor ainda pontua que, se por um lado as vendas foram melhores, por outro o desafio de recepcionar e atender os clientes nesse período foi grande. “Nos adaptamos para atender de forma remota, lançamos mão de ferramentas digitais como maquetes virtuais e vídeos da obra ou da maquete física para mostrar melhor aquilo que o cliente via antes da pandemia visitando nossos plantões de venda”, explica. A jornada do cliente, que já estava em transformação antes da pandemia, passou a acontecer de forma irreversível através dos meios digitais e hoje não existe somente um caminho para se comunicar com os clientes – “é preciso estar presente em todos os meios de comunicação”, reforça.

O processo de compra tem se tornado mais longo, com o cliente levando mais tempo para tomar a decisão de fechar negócio. “Treinamento das equipes, personalização de atendimento e um forte trabalho no Marketing Digital fizeram a diferença para que a Piemonte pudesse acompanhar essas mudanças e aproveitar esse momento bom do mercado”, explica Nelson.

Nos planos da empresa e a partir de 2021, a Construtora e Incorporadora Piemonte que já desenvolve e constrói seus empreendimentos com equipe própria, passou a utilizar todo o seu know how e qualidade de construção reconhecida por seus clientes para prestar serviço para outras empresas. “Ou seja, a Piemonte Construtora, além dos empreendimentos próprios, passou a atender também a demanda de obras de outras empresas”, explica Nelson. Segundo ele, a partir de 2021, a Piemonte agregou a Cantu Empreendimentos à sua estrutura. “A Cantu é uma empresa com bastante história e proprietária de vários imóveis comerciais e logísticos localizados endereços nobres de Curitiba”, explica. Sua finalidade são imóveis para locação e, fazendo parte da Piemonte, terá a estrutura necessária para expandir o número de empreendimentos.

Para esse segundo semestre de 2021, com a queda nos números de casos e mortes decorrentes da pandemia e com a recuperação gradativa das atividades econômicas, a expectativa é a de que o mercado imobiliário apresente resultados melhores do que o ano de 2020. “Na Piemonte, temos dois lançamentos previstos para o 2º semestre de 2021 além do foco nas vendas dos empreendimentos lançados ou em obras. A Construtora está participando da concorrência de várias obras de terceiros e esperamos terminar o ano com alguns contratos assinados”, enfatiza. “Temos um bom landbank para lançamentos de empreendimentos nos próximos anos, mas seguimos também buscando terrenos ainda neste ano para o desenvolvimento de novos projetos. Em resumo, seguimos trabalhando forte para continuar crescendo a médio e longo prazos”, comemora.

Em relação aos produtos, o principal foco dado pela Piemonte nos lançamentos foi o destaque para algo que já faziam em seus empreendimentos, que nada mais é do que espaço. Ou seja, que os clientes teriam espaços próprios para trabalhar sem ter de sair de casa, seja nas áreas comuns ou em seu próprio apartamento, uma necessidade que se intensificou nos últimos 16 meses. “Há algum tempo já incluíamos espaços de coworking nas áreas comuns mas passamos a dar maior destaque a esses ambientes através de mais imagens e textos nos nossos materiais de venda. E dentre as opções de planta e de personalização que já oferecíamos, salientamos que era possível ter um espaço de trabalho apropriado dentro de seu próprio apartamento”, ressalta Nelson.

Para o mês de Agosto a Construtora tem previsto um empreendimento de médio-alto padrão, na região do Juvevê em Curitiba, e que mesmo com apenas algumas imagens disponibilizadas já tem mostrado uma boa recepção nas redes sociais, com a procura acentuada. Para o 4º trimestre a Piemonte tem a previsão de lançamento de médio padrão, próximo ao Parque do Bacacheri, também na Capital Paranaense, e que vai atender a uma região que ainda não tem tantas opções para oferecer aos clientes.

A Piemonte já atua no mercado de Santa Catarina e no interior do Paraná, e, no que diz respeito à expansão, a empresa quer reforçar a atuação nesses mercados, aumentando o market share, nos dois estados. “Não temos a pretensão, por enquanto, de ir para outras regiões. Com a construtora, queremos fechar contratos e iniciar obras em parcerias com outras empresas e, com a marca Cantu, aumentar o portfólio de imóveis comerciais e logísticos para locação”, ressalta do diretor.

Deixe um comentário