As melhores vinícolas do mundo - TOPVIEW

As melhores vinícolas do mundo

Levantamento feito pela World’s Best Vineyards Academy mostra que há ótimas opções na América do Sul

Compartilhe

2020 está sendo um grande desafio para os aficcionados por viagens. Esta reclusão forçada nos faz pensar quanto tempo mais levaremos até que a nossa liberdade de ir e vir esteja normalizada. Planos para as próximas viagens permeiam a mente dos viajantes, mas será que tudo voltará ao normal rapidamente? Particularmente, penso que as viagens intercontinentais e as que necessitem de transporte aéreo ou marítimo levarão mais tempo para se normalizar, mas ainda teremos algumas opções de turismo por aqui que podem matar essa vontade de explorar o mundo por enquanto. 

Um final de semana visitando as vinícolas da Serra Catarinense pode ser um programa inesquecível, por exemplo. Com ótimas estruturas de enoturismo, excelentes vinhos e a belíssima Serra do Rio do Rastro como pano de fundo, vinícolas como a Thera, em Urubici, e a Villa Francioni, em São Joaquim, são programas imperdíveis para curtir a dois na estação do frio.

Vinícola Zuccardi Valle de Uco, na Argentina (Foto: Divulgação)

 Outra dica para quem gosta de pegar a estrada e se aventurar em uma viagem de carro mais longa são as vinícolas dos nossos países vizinhos. Para você ter uma ideia, Chile, Argentina e Uruguai oferecem, além de grandes vinhos, algumas das melhores estruturas de enoturismo do mundo. Recentemente, foi divulgado o ranking das 50 melhores vinícolas para se visitar em 2020 e, olha só! Dentre o TOP 5, três estão aqui na América do Sul. A lista, feita pela World’s Best Vineyards Academy, reúne votos de 500 aficionados em vinho, sommeliers e especialistas em turismo de luxo. A análise aqui não é, primeiramente, sobre a qualidade dos vinhos, mas revela destinos bem legais de enoturismo, alguns bem perto do Brasil! O que acha de já começar a planejar a sua próxima viagem?

Confira as 50 melhores vinícolas de 2020:

  1. Zuccardi Valle de Uco, Argentina
  2. Bodega Garzón, Uruguai
  3. Domäne Wachau, Áustria
  4. Montes, Chile
  5. Robert Mondavi, Estados Unidos
  6. Marqués de Riscal, Espanha
  7. Château Smith Haut Lafitte, França
  8. Quinta do Crasto, Portugal
  9. Antinori nel Chianti Classico, Itália
  10. VIK Winery, Chile
  11. Catena Zapata, Argentina
  12. Fürst von Metternich-Winneburg’sche Domäne Schloss Johannisberg, Alemanha
  13. Rippon, Nova Zelândia
  14. Delaire Graff Estate, África do Sul
  15. Weingut Dr. Loosen, Alemanha
  16. Ridge Vineyards Monte Bello, Estados Unidos
  17. Craggy Range, Nova Zelândia
  18. Gonzalez Byass – Bodegas Tio Pepe, Espanha
  19. Château Pichon Baron, França
  20. Opus One Winery, Estados Unidos
  21. Ceretto, Itália
  22. Château Margaux, França
  23. Bodegas Salentein, Argentina
  24. Penfolds Magill Estate, Austrália
  25. Henschke, Austrália
  26. Bodega Bouza, Uruguai
  27. Clos Apalta, Chile
  28. Champagne Taittinger, França
  29. Champagne Billecart-Salmon, França
  30. Château Mercian Mariko Winery, Japão
  31. Château d’Yquem, França
  32. Bodegas RE, Chile
  33. Château Mouton Rothschild, França
  34. d’Arenberg, Austrália
  35. Viña Errázuriz, Chile
  36. GAJA, Itália
  37. Domaine Sigalas SA, Grécia
  38. Château Oumsiyat, Líbano
  39. Wine Cellar Villa Melnik, Bulgária
  40. Viña Casas del Bosque, Chile
  41. Bodegas Vivanco, Espanha
  42. Familia Torres – Pacs del Penedès, Espanha
  43. Viu Manent, Chile
  44. Maison Ruinart, França
  45. Domaine Marcel Deiss, França
  46. KRSMA Estates, Índia
  47. Stag’s Leap Wine Cellar, Estados Unidos
  48. Château Heritage, Líbano
  49. Quinta do Noval, Portugal
  50. Trapiche, Argentina

*Coluna originalmente publicada na edição #239 da revista TOPVIEW.

In this article

Join the Conversation