A cultura de associar charutos a momentos festivos - TOPVIEW

A cultura de associar charutos a momentos festivos

A relação entre charutos e momentos festivos. A escolha de um bom charuto torna um momento único ainda mais especial

477 0
Compartilhe

Um dos pontos que eu mais gosto sobre a cultura charuteira é a possibilidade de conexão entre charutos e momentos festivos.

Degustar um charuto quando nasce uma criança, ao conquistar o diploma da faculdade ou em festas de casamento é um ritual repleto de simbolismo por deixar um momento único ainda mais especial.

Dizem que o ritual de degustar um charuto após o nascimento de uma criança surgiu na Europa, quando não era permitido aos pais acompanhar o parto. 

Portanto, os homens ficavam em um cômodo à parte, esperando a chegada do bebê, e o pai então presenteava seus familiares e amigos com charutos para celebrar a ocasião.

Além disso, o hábito de atrelar os charutos e momentos festivos acabou se difundindo. Hoje é quase um pré-requisito em celebrações de todos os tipos. Por isso, nada mais tradicional do que a presença dos charutos cubanos nas comemorações.

Bons charutos e momentos festivos

Os cubanos são sinônimo de festas – em casamentos, são imbatíveis. Não é à toa que os charutos mais tradicionais levam nomes de grandes romances mundiais.

Igualmente o Montecristo, baseado no livro de Alexandre Dumas, e Romeo y Julieta, de William Shakespeare. Por mais charutos e momentos festivos em nossas vidas!

Indicações do mês

Romeo Y Julieta Nº 2 tubos Charuto cubano, suave a médio, Long Filler. R$ 50.

Charuto Romeo Y Julieta

Charuto Don Diego Euro Monarch tubo Charuto dominicano, suave a médio, Long Filler. R$ 50.

Charuto Don Diego Euro Monarch

Charuto Partagas De Luxe tubos Charuto cubano, forte, Long Filler. R$ 60.

Charuto Partagas Deluxe

*Coluna originalmente publicada na edição 224 da revista TOPVIEW.

Leia mais:
PELO MUNDO! Nem só dos cubanos vivem os fãs de charutos

Neste Artigo


Converse com a Gente