Música em forma de protesto: banda Sly! lança clipe que aborda a igualdade de gêneros

Música em forma de protesto: banda Sly! lança clipe que aborda a igualdade de gêneros

No mês da mulher, a banda curitibana lança videoclipe de música escrita para elas, estrelado, dirigido, produzido e editado por uma equipe feminina

1908 0
Compartilhe

Joana d’Arc, Clarice Lispector, Frida Kahlo e Dandara dos Palmares em um rolê pela cidade, curtindo a noite com a liberdade que toda mulher deve ter. Esse é o enredo seguido pelo videoclipe da música “Sonhos Iguais”, da banda curitibana Sly!. 

A ideia da música foi falar da igualdade de gêneros do ponto de vista da banda, que repreende os comportamentos machistas enraizados pelo patriarcado. Na letra eles discutem com um personagem opressor e afirmam que “Dama sem Rei é justiça”, além de acreditarem que um dia eles vão vencer esse sentimento que ainda se mostra presente no âmago da humanidade. “Usamos algumas frases no meio da música que enfatizam essa luta, como “tá na hora de mudar o status quo” e “o que a gente têm é uma dívida histórica”. É um apoio na nossa posição, na que temos direito. Eu to aqui para você, apoio isso, essa luta é bonita e admiro isso”, explica Vini Sun, baixista da banda.

Para compor a equipe de produção do videoclipe de estreia da banda, uma seleção de mulheres talentosas, composta por Gabriela Terzian, como Joana d’Arc, Melina Serra é Dandara dos Palmares, Nadia Petrotski interpreta Clarice Lispector, e Kaliupe Sachet como Frida Kahlo, além da diretora Clara Lua Kowalski, Tallyta Moraes, diretora de arte, a produtora Carol Prado, e Beatriz Sganzerla na edição. O enredo gira em torno das quatros mulheres que são historicamente ícones da luta pela igualdade, se divertindo na noite.

 

Neste Artigo


Converse com a Gente