6 atrações no Sul do Brasil para conhecer a gastronomia local

Que tal dar uma volta? 6 atrações no Sul do Brasil para conhecer a gastronomia local

Reunimos experiências durante o ano num roteiro especial de pequenas surpresas espalhadas pelo Sul do país. Inspire-se aqui para pegar a estrada!

Compartilhe

Wine Garden Miolo

Vale dos Vinhedos (RS)

No Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS), existe um jardim especial. Ele deve ser aproveitado com uma taça – ou várias – de vinho à mão. O Wine Garden da Vinícola Miolo é um wine bar ao ar livre, ambientado num enorme gramado, servindo delícias como sanduíches, quiches, tábuas de frios e, obviamente, vinhos e espumantes. Vá com a família ou a dois e se jogue nos decks, esteiras, toalhas, pufes e toalhas. Tire os sapatos, coloque os pés para cima e curta a paisagem coberta de vinhedos e os ares da serra.

_RS 444, km 21, Vale dos Vinhedos, Vinícola Miolo, Bento Gonçalves (RS), (54) 8112-0333. facebook.com/Wine-Garden

Tatuíra Petisqueira

Baía de Canto Grande, Bombinhas (SC)

Como um verdadeiro tatuíra, que se esconde debaixo da areia da praia, o restaurante tem localização discreta, na vila de pescadores do Canto Grande. Ele ocupa uma antiga casa de veraneio da década de 1960, cuja garagem de barcos virou salão principal. Também é possível optar pelas mesas na areia, com vista para o pôr do sol e trilha sonora do mar. E se os restaurantes da região costumam oferecer cardápios genéricos de frutos do mar, a Tatuíra conquista o freguês com especiarias e uma cozinha familiar, sob o comando do autodidata Luiz Otávio Lustosa, o Loy, de influência mediterrânea, e da chef Kriscia Monike Maass, com formação na França. Além do carro-chefe que é a Lula do Loy, finalizada com grãos de mostarda (R$ 96 para duas pessoas), destaque para o Frutos da Costa, com polvo, lula e camarões salteados com ervilha torta e flambados ao Cointreau, acompanhados por arroz com pimentões e um toque de leite de coco (R$ 131 para duas pessoas).

_Av. João da Cruz, 1.700, Canto Grande. (47) 3393-4004. Alta temporada: diariamente, das 11h30 às 23h30. tatuirapetisqueira.com.br

Piquenique na vinícola Monte Agudo

São Joaquim (SC)

Do alto da propriedade se avista os 6,3 hectares de vinhedos espalhados ao redor do espaço montado para recepcionar clientes e visitantes. Em uma estrutura com arquitetura rústica, campeira e muito aconchegante, é possível degustar excelentes vinhos avistando a mais bela paisagem da Serra Catarinense. No espaço para degustação a chef Kathia Rojas Yunis prepara pratos com produtos regionais, como pinhão e truta. A vinícola Monte Agudo, que nasceu da paixão pelo vinho de dois enófilos, Alceu Muller e Leonidas Correa Ferraz, tem cepas trazidas da França e plantadas a uma altitude de 1280 metros para uma produção limitada de vinhos de altíssima qualidade. Entre as atrações está o pôr do sol acompanhado de espumante Sinfonia Brut Rosé, o carro-chefe da casa. Piquenique no meio dos vinhedos é outra experiência imperdível na vinícola.

_Rodovia SC 438/114, km 69, São Joaquim, (49) 9985-1446. Monteagudo.com.br

Pastelaria Rio da Prata

Serra Dona Francisca (SC)

Sim, são pastéis servidos à beira da estrada, mas que pastéis! E que estrada! Para quem está dirigindo pela BR-101 na direção Curitiba-Joinville, a cerca de 70 quilômetros de Curitiba, basta entrar à direita na SC-301 e seguir por seis quilômetros. Ali, antes da rodovia começar a subir a cênica Serra Dona Francisca, Márcia Merkle faz pastel (R$ 3,75 a R$ 6,24) há cerca de 20 anos – desde que seu marido machucou a perna em um acidente e, com menos possibilidades de trabalho, precisou montar uma barraquinha de caldo de cana para ter renda extra. O negócio que atendia caminhoneiros e viajantes cresceu e se transformou num chalé que abriga uma minifábrica do quitute. Márcia testou de tudo até encontrar o ponto da massa perfeita: fresquinha, sequinha e crocante, não arrebenta e, por isso, tem espaço para super recheados pastéis. São 150 tipos, entre os favoritos frango com gorgonzola e gengibre, e o de Nutella com castanhas.

_Rodovia SC-301, s/nº, Pirabeiraba, Joinville-SC. (47) 3428-0019. facebook.com/Lanchonete-Rio-da-Prata

Restaurante Lua Marinha

Praia do Rosa (SC)

Um caminho sinuoso se afastando do agitado centrinho da Praia do Rosa segue pontilhado por algumas placas e termina em uma casa de madeira. Lá dentro revela-se mais que um cenário despojado e ao mesmo tempo refinado. O aroma de coisa boa vindo da cozinha dá as boas-vindas ao universo de Taís Muradás – a chef que já cozinhou para a equipe da Madonna em sua turnê no Brasil. Sua gastronomia artesanal oferece delícias com frutos do mar fresquíssimos. O camarão (que é ali da lagoa) ao coco flambado na cachaça com risoto de limão é um dos sucessos, assim como as vieiras com fava de baunilha na gordura de coco, o polvo defumado e as ostras com gorgonzola. Nos fundos, o terraço rústico acobertado por um bambuzal e às margens de uma lagoa é praticamente o palco para o por do sol mais exclusivo da Praia do Rosa.

_Estrada Geral de Ibiraquera, Praia do Rosa, (48) 8803-4877. luamarinha.com.br

Armazém Dona Francisca

Serra Dona Francisca (SC)

Um grande chalé de madeira sobre uma colina coberta de araucárias. À mesa, deliciosas tortas, chocolate quente e pratos de pinhão e cordeiro da região – entre eles sopa de capeletti de cordeiro e o hambúrguer serrano, que é de… cordeiro! Esse último é a estrela da casa e vem no pão feito lá mesmo com queijo cheddar e batatas fritas. A carne dos cordeiros, abatidos até os oito meses para ser macia e de sabor suave, também é vendida no local embalada a vácuo em cortes de pernil, paleta, costela, t-bone, assim como os hambúrgueres congelados, pães, geleias, bolachas e mel. Fica em uma entradinha de terra a dois quilômetros do posto da Polícia Rodoviária na Serra Dona Francisa já no bucólico município de Campo Alegre.

_Rodovia SC-301, 2.812, (47) 3632-2348. facebook.com/Armazem-Dona-Francisca

Restaurante Girassol

Campos Gerais (PR)

Quem passa pela BR-277, pode nem reparar em uma construção amarela que fica na altura do quilômetro 168,4, já perto da cidade de Palmeira, a cerca de uma hora de Curitiba. A fachada do Restaurante Girassol é discreta, mas o trabalho da chef que comanda o local não é modesto. Rosane Radecki, que se tornou uma espécie de embaixadora gastronômica de Palmeira com o resgate da receita do Pão no Bafo foi eleita a melhor chef do ano por chefs curitibanos no Prêmio Top View Gastronomia 2016. A polenta na chapa e as carnes são os carros-chefes da casa, mas aos poucos ela acrescentou, polenta com ragú de linguiça com queijo de Palmeira… A vontade é que as pessoas saiam dos grandes centros para provar os sabores do interior. Se depender dela, que faz questão de utilizar o produtos dos fornecedores locais (vide o cheesecake de mixirica), vale muito ir pegar a estrada para viver essa autêntica experiência gastronômica.

_Rod. BR-277, Km 168,4. Palmeira (PR), (42) 3252-1778. rgirassol.com.br

*Matéria publicada originalmente na edição 194 da revista TOPVIEW.

In this article

Join the Conversation