ESTILO ARQUITETURA & DECORAçãO

Prédio de luxo de Curitiba traz releitura de arquitetura inglesa

Com um estilo arquitetônico marcante e característico de Londres, uma das mais inspiradoras e cosmopolitas metrópoles do mundo, o projeto do residencial de luxo Queen Victoria une o clássico e o contemporâneo a traços de art déco, em um diálogo firme e preciso. O empreendimento está localizado no Ecoville, em Curitiba (PR), de autoria da Construtora San Remo com projeto assinado pelo escritório Baggio Schiavon

Sua fachada chama a atenção de quem passa por perto. Ela é repleta de tijolos ingleses, o famoso brick, que transmitem sofisticação e exclusividade, além de vidro, alumínio polido e granito. Para o arquiteto Manuel Baggio, do escritório Baggio Schiavon, esse foi o centro das atenções do projeto. “Após uma viagem a Londres, o incorporador desejou uma fachada icônica a partir desse material resistente, térmico e com uma série de vantagens sustentáveis, inclusive”. Para essa missão, a construtora importou 280 mil tijolos da Europa, o equivalente a 20 containers. “Por preciosismo, a obra demandou mais tempo de construção, mas o resultado ficou espetacular”, resume Baggio.

Segundo o arquiteto, um dos desafios consistia em projetar uma fachada de arquitetura inglesa de forma atual e moderna. “O contraste dos materiais permitiu a entrega de uma fachada impactante, com bastante volumetria e simetria, única em Curitiba, e com estética charmosa preservada ao longo dos anos”, explica o arquiteto. “Esse é um projeto moderno que, na sua concepção plástica de fachada, busca compor com harmonia a solidez e elegância dos elementos tradicionais da arquitetura inglesa e a beleza dos materiais da arquitetura contemporânea.”

O terreno do empreendimento conta com aproximadamente 5.500 metros quadrados. O residencial contempla 23 apartamentos com 525 m² privativos, 1 cobertura com 821 m² privativos, além de áreas comuns privilegiadas, que representam uma forte característica do projeto. Junto a arquitetura, está o paisagismo que proporciona a expressão de um verdadeiro jardim inglês, seguindo o conceito e a estética do residencial.

Para a diretora de marketing da San Remo, Aline Perussolo Soares, o Queen Victoria foi especialmente pensado para ser um reino particular, com muito estilo, sofisticação e conforto. “Dentro do conceito da mais alta arquitetura contemporânea, o empreendimento conta com os melhores e mais modernos materiais existentes no mercado, aliados a inovações tecnológicas e sustentabilidade, resultando em uma personalidade totalmente singular. Além de apartamentos deslumbrantes, ainda tem um grande complexo de lazer também projetado cuidadosamente, acompanhando as linhas do projeto de arquitetura”, afirma.

Deixe um comentário