Cão Véio Curitiba inaugura no dia 17 - e nós conversamos com um dos sócios!

Primeira unidade no Sul do gastropub Cão Véio abre em Curitiba (!!). Conversamos com um dos sócios!

A hamburgueria hardcore dos sócios e amigos Fogaça, Badauí e Kichi funciona, inicialmente, em soft opening com cardápio reduzido

1585 0

No dia 17 de abril, terça-feira, inaugura no bairro Batel – bem perto do Hotel Nomaa – a Cão Véio Curitiba, primeira unidade da hamburgueria de estilo hardcore – que faz muito sucesso em São Paulo – no Sul do Brasil! A rede que surgiu em 2013 por lá é do jurado do Masterchef Brasil e chef de cozinha, Henrique Fogaça, do músico e vocalista da banda de hardcore CPM 22, Badauí, e do produtor musical e promoter, Marcos Kichimoto, o Kichi. 

 

A galera de Curitiba pode começar a comemorar, estamos chegando! 🙌🍻

Uma publicação compartilhada por caoveio (@caoveio) em

Os amigos têm por aqui os sócios-investidores Lucas Bora Araújo, Camila Rank e Augusto Pimentel. Por telefone, conversamos com Kichi sobre a vinda da marca para a capital paranaense. Ele adianta alguns planos de expansão da Cão Véio, diz que Curitiba “gosta de beber” e recomenda o que não deixar de comer na hamburgueria.

Em 2016, vocês afirmaram em uma entrevista que queriam abrir 32 operações da Cão Véio em 10 anos. Como está caminhando essa estimativa?

A de Curitiba será a 5ª [são três em São Paulo e uma em Brasília] e, depois, deve vir Goiânia também. Mas sabe como é, [em 2016] a família tava empolgada, primeiro filho. Depois do segundo a gente vê que não é bem assim (risos). São muitos detalhes envolvidos, tem que prestar atenção em muita coisa. É um cuidado que o Fogaça, por exemplo, exige muito da equipe. Tudo tem que ser bem controlado, tem que dar satisfação pro franqueado, o operacional tem que ser muito profissional…

E como está a unidade de Curitiba?

Estamos finalizando as obras. Mandamos uma equipe de São Paulo para treinar o pessoal que vai trabalhar aqui – pessoal da cozinha e do salão. Em Brasília foi um grande desafio, como primeiro estabelecimento de franqueados, mas foi tranquilo. Conseguimos formar uma equipe boa desde o início e que tá até hoje, o que é difícil. Estamos conseguindo bons resultados lá que acho que devem

Vocês têm recebido muitas propostas de franquias?

Tem muita especulação no mercado. Temos e não temos ofertas de franquias. Porque às vezes até aparecem boas ofertas, mas vai depender muito da conversa que a gente tiver. Tem muita gente que se mostrou interessada e não foi pra frente. A gente conversa, analisa o perfil da pessoa, porque tem que gostar da rede. A gente sempre quem se identifique com a gente, com o tipo de música que a gente curte. No fim são pequenos detalhes que contam na hora de fechar.

E pra quem nunca foi numa unidade da Cão Véio, o que toca?

Rock, rap, reggae, blues… Depende muito da hora e da nossa seleção do Spotify. Johnny cash, Creedence Clearwater Revival, B. B. King, Ramones, Van Halen… Vai do clássico aos mais modernos.

Você, Fogaça e Badauí têm essa ligação musical, né [Fogaça é vocalista da banda de hardcore Oitão]? Se conhecem nesse cenário da música mesmo?

Música é grande parte o que faz com que a gente se encontrasse na vida. A gente tem um círculo de amigos muito igual também.

E Curitiba, você vem muito à cidade?

Frequentava muito quando trabalhava com show business, em 1980 e 1990. Ia muito pra fazer show. Sei que Curitiba gosta pra caramba de beber (risos), fala muito a linguagem da gente. Já existe esse negócio no ar. As pessoas gostam de sair no frio mesmo, é cultural.

Por que a escolha da capital paranaense?

Na verdade nós fomos procurados por sócios. Eles não são do ramo. É uma grande novidade pra cidade.

Qual prato você recomenda do Cão Véio?

Nós temos um cardápio um pouco enxuto na casa, não tem 50 mil itens. Todos os sanduíches são muito bons, tem um de cogumelo vegetariano que o pessoal pede muito. Bolinho de arroz, batata rústica. Mas tem um filé mignon empanado com queijo gruyere acompanhado de molho picante…

O que os curitibanos podem esperar?

Um lugar que todo mundo goste. Vai ser um prazer estar com vocês em Curitiba.

Serviço

Inicialmente, a Cão Véio vai funcionar para happy hour, das 18h à meia-noite.

Endereço: Angelo Sampaio, 1744, Batel.

Neste Artigo


Converse com a Gente